Kukur Tihar

Festival no Nepal celebra o caráter sagrado dos cães

(da Redação)

Foto: Imgur
Foto: Imgur

O festival de Yulin ganhou uma quantidade significativa de espaço nos noticiários nas últimas semanas. Centrado no consumo de carne de cães, esse festival teve origem em 2010 como uma forma de promover o comércio de carne de cão na China. Embora as atitudes culturais com relação a comer cães estejam mudando tanto no país quanto em outras nações da Ásia, foi permitida a continuidade do festival apesar da crescente indignação internacional.

Para as pessoas que amam e estimam os seus cães, o conceito de um festival baseado na matança em massa e no consumo de carne de cachorro é absolutamente repulsivo, pois acreditam que os cães deveriam ser tratados como membros de nossas famílias e receber o devido respeito. No Nepal, um festival que é o extremo oposto do festival de Yulin existe com o propósito claro de homenagear os cães por todas as coisas maravilhosas que eles representam para os humanos. As informações são do One Green Planet.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O Festival de Tihar é um evento de cinco dias que acontece no outono e faz parte das celebrações da festa religiosa hindu de Diwali. No Nepal, o segundo dia do festival, conhecido como Kukur Tihar, é devotado exclusivamente à celebração dos cães.

No festival de Tihar, os cães são venerados como representações da divindade hindu Bhairav.

Foto: Imgur
Foto: Imgur

Eles são enfeitados com guirlandas de flores como sinal de respeito pela bonita relação que compartilham com os humanos.

Foto: Imgur
Foto: Imgur

Marcas vermelhas são feitas na testa dos cães, simbolizando o seu caráter sagrado.

Foto: Imgur
Foto: Imgur

Além dos lindos adornos, os cães recebem toneladas de petiscos e comidas deliciosas.

Foto: Imgur
Foto: Imgur

Um festival devotado a encher os cães de amor.

Foto: Imgur
Foto: Imgur

Lembre-se, você não precisa estar no Nepal para fazer parte deste festival. Você pode celebrar a grandeza do seu cão todos os dias, sendo um tutor responsável e amoroso, e auxiliando também a outros cães em perigo ou em necessidade.

Foto: Imgur
Foto: Imgur

1 COMENTÁRIO

    • Concordo plenamente com voce Sheila. Esse País é um dos muitos infernos para os animais aqui nesse planeta.
      Acho que estão promovendo esse festival como penitência.
      É só procurar na internet e vai se encontrar crueldades homéricas contra todos os tipos de animais perpetradas por esse povo em nome de sua bizarras “divindades”.
      Para eles “cultura” é sinônimo de “tortura”.

  1. Acho que esta página não deveria dar tanto espaço para uma matéria dessas, como se o Nepal fosse respeitoso com os animais.

    NEPAL, um país absurdo!!!

    Uma hora faz um festival em que matam 200mil animais em dois dias e outra hora quer dar de bonzinho com cachorros. Ridículos!!!

    “Durante dois dias, uma cerimônia hindu no Nepal planeja sacrificar 200 mil animais, em um sangrento festival em honra da deusa Gadhimai. A cerimônia começou na madrugada desta terça-feira, com orações em um templo onde estavam dezenas de milhares de hindus.Em seguida, os fiéis se dirigiram a um curral próximo, onde açougueiros começaram a decapitar os animais. Entre eles há bois, cordeiros, frangos e búfalos.”

    • Perfeita a sua colocação, Sandra! Tanto não convence que acredito não ter sido por acaso a tragédia que se abateu sobre o país depois dos terremotos…. aliás, mais nem uma palavra a respeito disso porque, afinal, não deve dar mais ibope!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui