Animais silvestres são devolvidos à natureza em Campos (RJ)


Guarda Ambiental realizou a soltura de 33 animais silvestres (Foto: Divulgação/ Ascom)
Guarda Ambiental realizou a soltura de 33 animais silvestres (Foto: Divulgação/ Ascom)

Trinta e quatro animais silvestres foram devolvidos à natureza no início dessa semana, no Imbé e em Lagoa de Cima, localidades de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Os animais tinham sido resgatados em diversas ações e estavam sendo tratados e avaliados no Hospital Veterinário e no Núcleo de Pesquisas em Animais Selvagens da da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf).

O comandante do Guarda Ambiental (GAM), Sávio Tatagiba, disse que os animais ficaram por um período de até 90 dias sendo acompanhados por veterinários da universidade. Os pássaros foram soltos na região do Imbé, enquanto o filhote de jacaré, apreendido no último domingo (5), foi solto em Lagoa de Cima. “Estavam todos prontos para voltar ao seu habitat”, disse o comandante.

Além do réptil, foram devolvidos à natureza quatro sabiás, dois tiés sangue, dois trincas ferro, um sanhaçu, dois bicos de lacre, um corrupião, 11 papa capins, dois pássaros preto; sete canários da terra e um catatau.

O Grupamento Ambiental foi criado há três anos e neste período, já resgatou mais de 1.200 animais silvestres. Em casos de denúncias ou surgimento de animais silvestres, a população pode entrar em contato através dos telefones 153 e 2725-6483.

De acordo com o Artigo 29 da Lei 9605/98, é crime matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida. A pena pode ser detenção de seis meses a um ano, e multa.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>