Chipagem canina pública faz parte dos planos para o futuro


Foto: Divulgação / Internet
Foto: Divulgação / Internet

“Vivemos em um momento muito positivo, onde o município e a sociedade conseguiram criar o Conselho e o Fundo para conseguir repasses, além da vontade de trabalhar e a chipagem pode ser o próximo passe”, Leandro Pitsch, Secretário Municipal da Administração.

Através do Fundo Municipal de Proteção aos Animais (Fumpa), criado em maio deste ano, será possível dar início ao controle de natalidade em Venâncio Aires. Segundo o Secretário Municipal da Administração, Leandro Pitsch, do primeiro valor repassado pela Prefeitura ao Fundo – R$ 30 mil -, parte deve ser destinada a castração dos animais que estão nas ruas e ainda não têm um lar. ‘Assim, vamos conseguir com mais eficiência trabalhar com um projeto que dê um resultado.’

O próximo passo, que ainda é um sonho – tanto do Executivo, quanto da Amigo Bicho -, é a chipagem dos animais. ‘Não descartamos ter o controle de animais por meio de chip num segundo momento’, afirma Pitsch. Para ele, a iniciativa é uma boa ideia, ‘porque hoje, era da informação, isso traz um elo facilitador, sem falar que trará toda a informação do cão e, dependendo do chip, podemos até rastrear ele.’ Para que esse ‘sonho’ se torne realidade, ações e pedidos devem ser realizados para a captação de recursos através do Fumpa.

Controle de natalidade

Enquanto a chipagem canina não é realidade, para reduzir o número de animais nas ruas, principalmente cães, o controle é fundamental, segundo a presidente da ONG Amigo Bicho, Naís de Andrade. Diante disso, eles são recolhidos, castrados e, em seguida, colocados para adoção. ‘A castração agora não tem um resultado imediato. Apenas em longo prazo vai se perceber a redução da população canina’, comenta.

Segundo Naís, o segredo também está na conscientização das pessoas para com os animais. ‘Nós dependemos de denúncias e quando for criada uma legislação mais severa, acredito que as pessoas passarão a denunciar com mais frequência’, comenta. As denúncias podem ser levadas até o Amigo Bicho ou à Secretaria do Meio Ambiente.

Fonte: Folha do Mate


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA

JAPÃO

AVANÇO

COMPORTAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>