Cãozinho se adapta e vive feliz com apenas duas patas


Foto: Rede Globo
Foto: Rede Globo

No programa Encontro com Fátima Bernardes desta sexta (26/6), cachorrinhos e outros animais mostraram que é possível se adaptar às limitações que surgem quando é preciso ter algum membro do corpo amputado, devido a doenças ou acidentes. Assim como Cupcake, um poodle que tem apenas as duas patas esquerdas, outros bichinhos vivem bem com ou sem a ajuda de facilitadores, como a cadeira de rodas.

Cupcake deu entrada no hospital já com as duas patas comprometidas. “As pessoas não acreditavam que ele teria uma vida próxima do normal e achavam que ele deveria ser sacrificado. Mas eu decidi dar uma chance para ele e o adotei três dias após a amputação. No início foi muito difícil, mas no primeiro dia em que ele ficou de pé, vi que todo o esforço tinha valido a pena. Ele leva a vida dele 100% normal”, disse Maria Estrela Felícia.

De acordo com a veterinária Rita Ericson, que se emocionou durante o programa, os animais ensinam muito aos seres humanos. “É uma questão de adaptação mesmo. A gente tem que aprender com eles.”

No programa, os irmãos gêmeos Richard e William Frank contaram como fabricaram as primeiras cadeiras de rodas para animais. Até coelho e tartarugas já tiveram oportunidade de se reabilitarem com elas.

Foto: Rede Globo
Foto: Rede Globo

Fonte: Globo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>