investigação

Bebê Canguru exposto em zoo é roubado de dentro da bolsa marsupial de sua mãe

Por Marli Delucca (da Redação)

Bebe-Canguru-roubado_thumb[1]

Joey, o bebê canguru de apenas 5 meses de vida, foi sequestrado no dia 10 deste mês, de dentro da bolsa marsupial de sua mãe no zoo Special Memories, na cidade de Greenville em Wisconsin, Estados Unidos.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Os filhotes de cangurus nascem imaturos. Isso significa que seu desenvolvimento ocorre ainda após seu nascimento, no interior de uma bolsa na barriga da sua mãe que se chama marsúpio. Ali, o filhote mama, protege-se e se desenvolve até que tenha mais que um ano de idade

A mãe canguru está depressiva e apresenta machucados, já que ela deve ter lutado para impedir que sequestrassem seu filhote. A gestação das fêmeas de canguru demora de 30 a 40 dias, dando à luz apenas um filhote de cada vez.

A condição do bebê canguru é uma grande preocupação, já que Joey teria que passar o primeiro ano dentro da bolsa marsupial de sua mãe ou ele pode morrer, se não receber os mesmos cuidados.

Além de Joey, quatro filhotes de cabras também foram sequestrados do zoo, que informou que desde sua existência há 15 anos, nunca teve problemas com roubos. Eles agora planejam adicionar câmeras de vigilância e fechaduras adicionais, a fim de reforçar a segurança.

A polícia disse estar investigando o caso.

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. Tendo em mente que, a princípio, os animais deveriam ficar salvaguardados em suas jaulas, o sequestro do pobre filhote foi feito com acesso ao recinto, permitido ou não.

    Triste, desafiador e completamente decepcionante que, mesmo trancafiados para exposição (onde suas vidas ficam restritas a ínfimos simulacros), tenham que passar por essas situações.

  2. Humanos sempre contribuindo para que animais sejam vítimas, quer privando-as da liberdade a que tinham direito em seu habitat, quer roubando sua cria, único consolo para chamar de “seu” nesse deserto de amor chamado zoo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui