Protetor luta para manter abrigo que é casa para mais de 450 cães


Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Tudo começou quando Sasa Pesic, que estava desempregado na época e sem saber muito o que fazer da vida, encontrou 4 filhotinhos de cães abandonados perto de sua casa.

Ao resgatá-los ele também resgatou parte de si mesmo e encontrou um motivo para dedicar sua vida.

Em 2010 ele fundou o abrigo Naissus-PAWark, este localizado em um antigo estábulo que foi bondosamente cedido pelo proprietário para uso irrestrito e sem necessidade de aluguel. As instalações do estábulo se mostraram perfeitas para o abrigo, oferecendo proteção do tempo nas construções que antes abrigavam os cavalos, com muito espaço ao redor para os animais correrem, porém com tudo cercado, impedindo que eles se percam.

Hoje, depois de encontrar lares para mais de 250 cães e com 450 cães sob seus cuidados, todos devidamente microchipados, vacinados e saudáveis, Sasa agora precisa enfrentar o estado sérvio, já que o governo local defende que o terreno pertence a eles e não ao homem que anteriormente autorizou o uso.

Depois de uma petição online com milhares de assinaturas, o governo voltou atrás um pouco e disse que ajudará o abrigo a encontrar uma nova localização, já que não seria um benefício para ninguém se os cães perdessem suas casas e voltassem para as ruas.

Em entrevista ao AFP, Sasa garante que, apesar de cuidar de mais de 450 cães, sabe extamente o nome de todos e como chegaram aos seus cuidados.

Enquanto a situação do terreno não se resolve, Sasa e seus voluntários continuam lutando diariamente para conseguir oferecer o cuidado necessário que os animais precisam, sem nenhum auxílio financeiro do estado e dependendo unicamente de doações para manter o abrigo que precisa de 7 mil euros mensalmente para sobreviver.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: AFP
Foto: AFP
Foto: AFP
Foto: AFP

 Fonte: Portal do Dog


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>