Curiós são encontrados aprisionados por Batalhão Ambiental do Amazonas


(Foto: Divulgação/BPAmb-AM)
(Foto: Divulgação/BPAmb-AM)

O Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (BPAmb-AM) apreendeu três curiós, na manhã desta quarta-feira (25), em um imóvel no ramal da Praia Dourada, zona Oeste de Manaus. Os pássaros estavam em pequenas gaiolas individuais. Duas pessoas foram presas por crime ambiental.

Uma das aves não possuía anilha de identificação de passeriformes, expedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e outras instituições licenciadas. Os infratores não podiam praticar a atividade de criação de aves silvestres sem a autorização de órgãos ambientais.

O curió (Oryzoborus angolensis) é apreciado por seu canto. A criação e reprodução em criadouros é regulamentada por lei. De acordo com a legislação ambiental brasileira, a criação de pássaros como curió, papagaio, sabiá, maritaca, tucano, arara e outros só é permitida com autorização do Ibama. Para isso, os criadores devem estar inseridos no Sistema de Cadastro de Criadores Amadoristas de Passeriformes do órgão. Além disso, não é possível legalizar pássaros silvestres que não sejam provenientes de criadouros autorizados pelo Ibama.

O BPAmb-AM informa que a população pode denunciar crimes ambientais através do telefone 190 ou da linha direta do Batalhão Ambiental pelo número (92) 988421547.

Fonte: Portal Amazônia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

LUTO

FLORIANÓPOLIS (SC)

INOVAÇÃO

AMOR

ESTUDO

ÁFRICA DO SUL

CÂNCER DE PELE

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>