Guarda Nacional registra aumento de denúncias de maus-tratos em Portugal


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Desde a entrada em vigor da lei que criminaliza os maus-tratos a animais, faz hoje seis meses, a GNR já recebeu uma avalanche de denúncias: 1415. Mas apenas 30 originaram processos-crime, com outros tantos arguidos, segundo os dados do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (Sepna).

O tenente-coronel João Fernandes, da direção do Sepna, adiantou, que, nos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado, foram registadas 592 denúncias, que resultaram em 17 processos criminais e 869 contraordenacionais, estes últimos referentes a questões administrativas relacionadas, por exemplo, com falta de registo, de vacinas e “chips”, entre outras infrações.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: Jornal de Notícias


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO

PRESERVAÇÃO

DESESPERO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>