Coiote é flagrado se divertindo com brinquedo de cachorro


(da Redação)

coiote1

Uma fotógrafa americana foi surpreendida ao encontrar um coiote brincado com um brinquedo de cachorro deixado nos campos da sua propriedade rural e o curioso evento rendeu belas imagens. As informação são da Mother Nature Network.

A fotógrafa Pamela Underhill Karaz mora na área rural de Trenton Falls, no estado americano de Nova York. Ela tem uma propriedade de 19 hectares de florestas e campo, o que significa que ela consegue ver muita coisa da vida selvagem no seu próprio quintal. “Nós somos vizinhos de coiotes há anos. Costumamos escutá-los principalmente durante as noites de verão”. Mas algo mais incrível que ouvir os uivos dos coiotes aconteceu há dois anos atrás.

coiote2

coiote3

“O caminho para nossa garagem tem uns 400 metros e é ladeado por bálsamos de 45 anos de idade. Sendo fotógrafa, eu estou sempre à espreita por alguma atividade selvagem. Eu vi um coiote uma vez enquanto estávamos tomando café. Ele estava no caminho da garagem, a um terço do percurso. Ele foi para o meio, olhou em volta e decidiu subir um pouquinho. Ele deixou seu cheiro num galho caído (por isso eu sei que era um macho), depois foi para as árvores e surgiu na beira do nosso jardim. Olhou em volta, deu uma conferida e cheirou alguns rastros no nosso jardim e quando ele estava lá no meio ele percebeu o brinquedo. O animal foi até ele, cheirou em torno dele onde nosso cachorro tinha rolado, cheirou o brinquedo, pegou, soltou, cheirou de novo”.

coyote4
coyote5
Aí começou a mágica: “Pegou o brinquedo e começou a jogá-lo no ar e brincar com ele, do mesmo jeito que um cão joga um brinquedo por aí. Acho que durou de cinco a dez minutos de pegar o brinquedo, jogar no ar, pegar de novo e ficar sacudindo ele (…) depois ele simplesmente foi embora com o brinquedo.”
Pamela nota que seus cães costumam deixar seus brinquedos de pelúcia no quintal e mais de um já havia desaparecido antes. Ela imagina que talvez essa não tenha sido a primeira vez que um coiote brincou com o objeto dos cachorros.
coyote6
coyote7
Apesar da surpresa que humanos têm diante de eventos como esse, a brincadeira é um comportamento encontrado muito além dos cães e gatos domésticos. Mesmo na natureza selvagem, a brincadeira é uma parte essencial do desenvolvimento de várias espécies e continua durante a vida, como em crocodilos.
“Foi um maravilhoso lembrete de que todos os animais, selvagens ou não tão selvagens, não são tão diferentes”, diz Pamela. “Eles têm personalidades, eles têm sentimentos e eles fazem o melhor que podem para sobreviver no que as vezes é um mundo nada amigável. Não são muito diferentes de nós”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>