Vale do Piancó (PR) sofre descaso de animais soltos nas rodovias que cortam a região


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Não é difícil encontrar animais soltos pelas principais rodovias que cortam a microrregião do Vale do Piancó paraibano. Os jumentos são os animais soltos mais presentes na região.

As imagens desta reportagem foram registradas nesta sexta-feira (06), na altura do sítio Pau Brasil, município de Itaporanga (PB), precisamente na Rodovia Federal BR-361, no trecho que dá acesso ao município de Piancó.

Em uma analise superficial, este é o trecho que mais se tem acidentes envolvendo animais, na região do Vale, e na maioria das vezes, as vítimas não resistem aos ferimentos e morrem.

Para o Promotor de Justiça, Reinaldo Serpa, que representa o Ministério Público de da cidade de Itaporanga, abandonar animais nas rodovias é crime.

“Eu nunca vi um órgão do Governo do Estado fazendo o recolhimento deste animais aqui na região do Vale do Piancó. Não é só jumentos, mais também nós vemos cavalos, vacas e muitos animais de pequeno porte”, lamentou José Cosmo que todos os dias utiliza a Rodovia Estadual PB-386.

Nos casos de animais soltos nas rodovias federais, compete a Polícia Rodoviária Federal, e quem responde pela BR-361 é o Posto da cidade de São Mamede, que fica cerca de 140 km distantes da cidade de Itaporanga, cidade onde termina a Rodovia.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Fonte: Catingueira Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EDUCAÇÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

COMPORTAMENTO

BENEFÍCIOS

CRUELDADE

SENCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>