Animal - rita silva

Veganismo e a Fome no Mundo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Tire um momento do seu dia para pensar nisto, principalmente nesta época das festas em que o Mundo parece ser tomado por uma brisa de compaixão.

– Continuar a manter os animais e os alimentos de origem animal como as fontes principais de alimentos para a população humana do planeta é condenar milhares de milhões de pessoas à fome;

– Criar animais para serem transformados em carne ou para gerarem ovos e leite é um grande erro de economia alimentar. Os animais que são explorados com fins alimentares consomem muitas mais calorias do que aquelas que se produzem em forma de carne ou outros alimentos animais;

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

– Se os terrenos agrícolas actualmente usados na criação de animais fossem usados na produção de vegetais, gerariam uma quantidade substancialmente maior de alimentos para consumo humano do que actualmente geram, permitindo alimentar um número muito superior de humanos do que actualmente permitem fazer – e de modo ética e ecologicamente mais correcto;

– A produção de vegetais poderia, com alguma facilidade, gerar uma quantidade de alimentos completos, de muito mais fácil, menos dispendiosa e de mais eficaz produção e distribuição. Poderia ser suficiente para alimentar todos os humanos que existem na Terra, tanto os famintos como os não famintos, gerando alimentos mais baratos, mais acessíveis, de mais fácil produção e mais saudáveis.

Pelos animais, por si e por quem passa fome, considere o veganismo.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

1 COMENTÁRIO

  1. Vocês vegetarianos são ridículos mesmo,né? Achar que se as pessoas parassem de comer carne resolveria o problema da fome no mundo… E aí colocam uma foto de crianças da Africa pra sensibilizar e dar um tom de humanidade a sua causa ridícula. Olha, não querem comer carne, não comam, mas não vem encher o saco de quem come.

    • Continue a comer sua carne.As pessoas possuem livre arbitrio.Cada um tambem deve saber e assumir suas consequencias.Cada le e acredita no que quer.Porque as afirmações acima te machucam?Ninguem foi te encher o saco.Voce que veio ler materias de um site especifico.Eu, por exemplo, não fico entrando em sites com receitas de se fazer um churrasco, ou como cozinhar um suino, ou como cozinhar um bezerro(vitela).Quem quiser comer, fique a vontade.Arterias, estomago e intestino são de cada um.Cada um faz sua historia.E DEVE ASSUMIR OS RESULTADOS POSITIVOS OU NEGATIVOS DELA.

    • Claudio, por que é que você foi ler esse artigo que defende o veganismo? Se você definitivamente não vai parar esse estúpido vício de comer carne, então não acesse qualquer página da internet que defende o veganismo.

  2. Não sou vegetariana e não sigo nenhuma dieta específica, tento alimentar-me de uma forma mais saudável e responsável possível. E por não achar que a carne vermelha hoje em dia não é o alimento mais saudável ( cheio de antibiótico, animais confinados, com doenças e em sofrimento) evito comer. Mas como peixes e ovos biológicos. O texto faz sentido em parte, mas não é por aí que irá acabar com afirme do mundo, até porque se eles quisessem acabar com a fome já tinha feito, há muitas terras para plantar verduras, legumes e frutas. Batata é um tubérculo que dá-se em qualquer lugar. Mas a questão aí é mais profunda e uma questão de política, ganância, falta de amor com o próximo e por aí vai. Queria muito que o problema da fome nesses países fosse só plantar e ser vegetariano. Precisar capacitar, educar, dá ferramentas para que eles possam emergir e não mendigar um pedaço de pão duro.

  3. Será que as pessoas não percebem? Assumam a responsabilidade de suas atitudes! 45% da terra é usada para tirar proveito do holocausto animal. 65% das plantações no mundo vão para esses seres inocentes que serao, eventualmente, mortos. Nos EUA, 90% da soja, 80% do milho e 70% do trigo tem o mesmo destino. Pode haver outros fatores também, mas esse é o PRINCIPAL. Não quero ser responsável por explorar um ser, nem tirar vegetais, legumes, grãos etc. que iriam para o prato de alguém faminto, principalmente nesses países de terceiro mundo, aonde a pecuária explora pela falta de leis ambientais e inclusive expulsam moradores de suas casas, desmatam regioes etc. isso não é necessário com a agricultura vegetal, pois há terreno suficiente com as terras já dedicadas à essa agricultura, sem necessidade de mais 1% de desmatação sequer. Para os que dizem que o governo/sistema etc. já teria resolvido, apenas dou uma risada da inocência do ser — sério mesmo? Claro… o governo adoraria perder $$$$ e investir $$$$ pro bem, mesmo que ganhassem com isso depois… eles não enxergam o outro lado, e nem querem que vejamos também. Se você é contra o veganismo, é a favor do abuso animal, ponto. Você tem o direito de qualquer coisa, desde que esse direito nao afete de outro alguém.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui