animais morrendo de calor

Frente de libertação animal brasileira invade criadouro de chinchilas em Itapecerica da Serra (SP)

Por Alex Avancini (da Redação)

chinchila

Cerca de 100 chinchilas foram libertadas de um criadouro da cidade de Itapecerica da Serra (­SP) no último domingo 19/10 por um grupo de ativistas que respondem pela Frente de Libertação Animal Brasileira. A invasão ocorreu após o grupo receber denúncias na internet e resolveram averiguar com seus próprios olhos a informação. Constatada a presença e o comércio dos animais, eles decidiram agir.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

As chinchilas eram exploradas pela empresa de Carlos Perez, a Master Chinchila. De família argentina e residentes no Brasil, eles lucram com esses animais desde a década de 1970 em um sítio de 414 m² na cidade de Itapecerica de Serra, 25km da capital paulista. A empresa mantém a mais antiga criação de chinchilas no Brasil com mais de 30 anos de atuação ininterrupta na indústria. Segundo dados do site da empresas eles têm 1.100 fêmeas e 214 machos reprodutores registrados. Estima-­se que a empresa já tenha explorado mais de 50 mil chinchilas, e chega a matar cerca de 200 por dia.

Segundo os ativistas, a grande maioria dos animais estava quase morta, sofrendo bastante em consequência das péssimas condições do ambiente. De acordo com relatos, ao entrarem no local, sentiram um insuportável calor dentro da sala. Para as chinchilas que são mais sensíveis às altas temperaturas, “estava um verdadeiro inferno”, conta o grupo.

Conforme dito pelo grupo eles deixaram mensagens e símbolos de libertação animal. Todas as chinchilas possuíam uma argola chumbada em volta do pescoço, que as enforcava. Os animais estavam presos em gaiolas colocadas uma em cima das outras, a sala não tinha nenhum tipo de ventilação, os próprios ativistas mal podiam respirar de tão abafado e quente o ambiente.

Os animais resgatados já receberam todos os cuidados necessários e passam bem. Os ativistas dizem que eles foram levados em segurança para locais desconhecidos.

Carta da Frente de Libertação Animal

“Não acreditamos em petições, em PL, em lei, não acreditamos em nada que seja relacionado ao estado opressor, pois no mundo onde vivemos, não existe justiça, e não a alcançaremos se não lutarmos com as nossas próprias mãos por ela! Sendo assim a ação ­direta é a nossa escolha, pois com ela acreditamos ao menos passar perto do termo LIBERTAÇÃO ANIMAL, uma vez que, enquanto respondemos essas perguntas, centenas de milhares de vidas estão sendo arrancadas pelas mãos do homem opressor, não podemos ficar simplesmente “aguardando” ou nos manifestando “pacificamente”, acreditando em promessas vazias e em engravatados do poder, que lucram com a morte de todos esses animais. Nós somos a avalanche, que vem derrubando os muros dessa sociedade doentia capitalista. Continuaremos salvando vidas, sendo livres, e livrando!

Se querem mesmo nos ajudar, pedimos que se organizem melhor, de forma descentralizada, autônoma e libertária, livres de qualquer tipo de preconceito, políticos e instituições do governo, livres de exposições desnecessárias nas redes sociais, pois sofremos uma enorme perseguição, afinal, somos quem fere os interesses econômicos do país, ou seja, somos o inimigo n° 1 do estado, portanto, devemos nos cuidar e cuidar de todos que lutam por essa causa!

Não aceitaríamos de maneira nenhuma dar uma entrevista ou sequer registraríamos uma ação desse tipo se não houvesse um único propósito, o de abrir os olhos da sociedade, pois a cada dia que passa, conhecemos mais e mais pessoas que simpatizam com a libertação animal, porém, ainda precisam de muita instrução para executarem ações bem sucedidas!

Gostaríamos de deixar claro que não estamos sozinhos. Em todo lugar do mundo existem células A.L.F, informe-­se, converse apenas com pessoas de sua total confiança, forme a sua célula, não combine nenhuma ação ou algo do tipo via redes sociais, telefones celulares… existem outros meios de comunicação, a mais segura de todas continua sendo a conversa pessoalmente! Lembrando, apenas com pessoas de sua total confiança!

Lembrando que:

Nós não iremos alcançar a libertação animal de forma pacífica/passiva! As leis não favorecem nem a nós (animais humanos),

Imaginem só esperar por leis que irão realmente favorecer a eles (animais não humanos)? Nós não iremos parar por aqui até que não exista mais exploração animal e da Terra. Portanto, não importa onde estivermos, estaremos resistindo e lutando por toda e qualquer forma de vida que ainda resta nesse planeta.

Sendo assim… só nos resta a LUTA.

Com amor: A.L.F”

1 COMENTÁRIO

  1. Leis que permitem tortura e morte de sencientes, seja para que motivo for, não são legais”ainda que legais” e jovens priorizando a vida de animais com o risco de sua própria segurança são os protótipos dos humanos de amanhã absolutamente RACIONAIS e indiscutivelmente SUPERIORES..

  2. INFELIZMENTE A FRASE DITA NA REPORTAGEM: “AS LEIS NÃO FAVORECEM NEM A NÓS (ANIMAIS HUMANOS), É MAIS DO QUE VERDADEIRA. QUANDO SE TRATA DE ANIMAIS, É SÓ NA BASE DA LUTA MESMO POIS A BUROCRACIA QUE SE ESTENDE DURANTE MESES A FIO FAZ COM QUE SE PERCAM MILHARES DE VIDAS ANIMAIS QUE PODERIAM MUITO BEM ESTAR VIVENDO DIGNAMENTE ENTRE NÓS. UM EXEMPLO DISSO FOI A TAMBÉM INVASÃO DO INSTITUTO ROYAL. O QUE MAIS ME DEIXA INDIGNADA NESSAS HISTÓRIAS DE EXPLORAÇÃO/TERROR É SABER QUE OS RESPONSÁVEIS MENTEM DESCARADAMENTE E ACABAM SAINDO IMPUNES! INDIGNAÇÃO TOTAL!!

  3. Orgulho dessas pessoas que arriscam sua própria liberdade para trazer liberdade ao próximo, sem fazer uso de violência ou terrorismo. Não importa o que as leis dizem, vocês estão do lado da ética e da justiça, e o fazem sem esperar nada em troca. Todo meu respeito.

  4. Pois eu acho que eles estão certíssimos! Só não concordo com baderna, depredação e atitudes “estilo black bloc”, mas os integrantes da FLA tem toda a razão – não dá para esperar nada de ninguém, por isso temos mais é que fazer algo por nós mesmos, em relação aos animais.

    • Não fosse a intervenção dos black blocs, q são anarquistas e usam de ação direta, o resgate de beagles não teria sido possível ano passado, pois eu acompanhei MUITO de perto e sei que o caso só ganhou repercussão a partir do momento q uma protetora entrou na page deles pra pedir ajuda – 40 minutos depois eles chegaram ao local e tornaram o sonho possível. Por acompanhar de perto, sei que as protetoras já estavam acampadas lá há mais de duas semanas, já tinham ido até na casa do juiz da cidade, simplesmente NINGUÉM estava dando atenção, nem mesmo o Ministério Público, que se limitava a dizer que era preciso concluir o inquérito (detalhe, o inquérito ja´tinah quase 2 anos). Mais do que isso, a participação do black bloc não só garantiu o resgate de todos aqueles animais, como trouxe a discussão do uso de animais em testes, até então inédita para a sociedade, para a grande mídia. Sem falar na lei que foi aprovada logo em seguida proibindo os testes. Então, sim, sou a favor de black blocs, porque acompanhei de perto a coragem daqueles meninos e várias ocasiões de resgates de animais, e to falando de black blocs mesmo, não só da alf. Justamente pq eu sou protetora, eu sei q na hora de meter a cara e fazer as coisas, mta gente tem medo. Em mais de uma oportunidade eu vi protetores pedir ajuda a esses meninos. Óbvio que nem todos os casos tiveram grande repercussão como o caso do royal, mas eu te garanto que não, black bloc não é só baderna e depredação, conforme vc viu na TV (pois só isso explica sua opinião, quem acompanha de perto sabe q o agir do grupo não se limita ao mero vandalismo como a TV fez parecer) – black bloc é AÇÃO DIRETA contra qualquer tipo de OPRESSÃO. Eles abraçam TODAS as causas em defesa de minorias.

    • Ah sim, esqueci de dizer o principal. Vc critica os black blocs, mas te digo com convicção que nessa foto reconheço algumas pessoas e te asseguro que pelo menos 3 delas são black blocs que abraçaram a causa animal.

  5. BENCAOS DERRAMADAS SOBRE VCS QUE SAO MIGUEL ARCANJO AJUDEM VCS NESTA LUTA DE LIBERTACAO SAO RAFAEL ARACANJO QUE LIBERTOU TOBIAS DAS CORRENTES AJUDEM NA LIBERTACAO DE NOSSOS QUERDOS ANMAS INDEFESOS TANTO SOFRER E CRUELMENTE AMO VCD E CADA VEZ MAIS IREI ORAR POR VCS..LEGIAO DE ANJOS DOS ANIMAIIS

  6. PARABÉNS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ESTAMOS JUNTOS !!!! LEI DE PROTEÇÃO AOS ANIMAIS ART. 32. DA LEI 8905/98 E ARTIGO 225, §1º , INCISO VII da Constituição Federal . OBRIGADO PELA ATITUDE DOS QUE NÃO TEM VOZ E NÃO PODEM SE DEFENDER !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Se a opressão de seres sencientes está institucionalizada na legalidade, ações como essa precisam ser exaltadas em dobro: uma pela ética que carrega consigo e outra pela coragem de torná-la concreta. Vocês, que agiram pacificamente, me representam!

    • Concordo com você. O destino destes animais (como o da grande maioria) era nada promissor. Muito apropriada a ação, sem deixar brecha para críticas.
      As chinchilas salvas agradecem e nós também. Parabéns!

  8. Infelizmente ações assim se fazem necessárias, pois os animais não podem esperar mais que a sociedade desperte para nossa profunda falha evolutiva!
    A nossa inserção no modelo competitivo de cadeia alimentar, visou exatamente um despertar da nossa consciência no sentido de superá-lo e entendê-lo fora de padrões humanos e racionais… infelizmente, a nossa sociedade de modo geral, temperou esse modelo com ingredientes mais sórdidos ainda, como a escravidão, a coisificação para vários fins, a exibição, a fabricação gananciosa, etc… Excelente a Carta da Frente de Libertação Animal! Parabéns a ALF!

  9. Parabens e minha grande admiração por essses jovens que arriscam a pele para salvar os nossos irmão quadrúpedes. Bela geração de humanos. Parabens e que DEus os Proteja.

  10. Infelizmente ações assim se fazem necessárias, pois os animais não podem esperar mais que a sociedade desperte para nossa profunda falha evolutiva!
    A nossa inserção no modelo competitivo de cadeia alimentar, junto a tantas espécies de fato carnívoras, visou exatamente um despertar da nossa consciência no sentido de superá-lo e entendê-lo fora de padrões humanos e racionais e até da nossa fisiologia… infelizmente, a nossa sociedade de modo geral, temperou esse modelo com ingredientes mais sórdidos ainda, como a escravidão, a coisificação para vários fins, a exibição, a fabricação gananciosa, etc… Excelente a Carta da Frente de Libertação Animal! Parabéns a ALF!

  11. Lindo! Parábens! Sou protetora anônima e estou em depressão de tantos animais que recolho. Ja sem condições de pegar mais e mais animais, mudei para Itapecerica. Assim estou cuidando deles. Animais doentes, mutilados, humilhados por seus donos, jogados nas ruas. Obrigada por vcs existerem.

  12. Que este exemplo possa servir de estratégia a outras ações de outros grupos ativistas. Quem sabe teremos grupos para chegar juntos aos locais de sofrimento e morte no comércio de animais silvestres. Parabéns a esses éticos e corajosos seres libertários

  13. Infelizmente, tenho que concordar com o grupo e com vários que colocaram seus comentários: leis não funcionam ainda mais em um país em que aqueles que deveriam dar exemplo são os primeiros a descumpri-las. Pobres dos animais enquanto estivermos por aqui.

  14. Parabéns pela coragem de vocês. Infelizmente a grande maioria daqueles que discordam que qualquer tipo de opressão não dispõe desta coragem.
    Obrigado por agirem.

  15. Acho legal a iniciativa.
    Só falta eles começarem a ser efetivos e invadir o que realmente importa: Ibama, MAPA, Anvisa… esses que tem que ser invadidos… porque são eles que exigem testes em animais… e por lei. As empresas são reféns desses orgãos. Aliás, as empresas não quem ter que fazer testes, porque isso gera custo e não é barato. Sei disso porque trabalhei numa empresa de agrotóxicos, na área financeira…
    Então, basta que essas 2 entidades mudem as portarias para liberar registros comerciais e os testes vão diminuir drasticamente…

  16. Vcs estão de parabéns…..tenho uma chinchila e sei q jamais elas podem viver como foi relatado aqui…..gostaria muito que tivessemais grupos como esse em defesa dos animais….gostaria de saber, o que sera feito com as chinchilas resgatadas?

  17. MARTÍRIO E CORAGEM SÃO SINÔNIMOS?

    Sem dúvida são a vanguarda do abolicionismo animal, tornando-se os meios que mais efetivamente colaboram pelo fim da exploração animal, pela terapia de choque que dão nessa sociedade especista, alardeando as autoridades cumplices e pessoas interessadas na manutenção da exploração animal. Serão heroínas e heróis para muitas pessoas que vão ler os livros de História de um futuro não tão distante.
    .
    São os MEIOS mais eficientes e avançados de uma FINALIDADE super necessária e urgente: o abolicionismo animal.
    .
    Mas é aí que reside um paradoxo fatal. Contra a instrumentalização dos animais não-humanos se tornam tais militantes instrumentos da própria libertação animal: sacrificando sua própria liberdade, conforto e tranquilidade (que todo animal humano ou não-humano merece!) sendo [email protected], [email protected] e até [email protected], como ocorrido no caso da Jill.
    .
    Sinto que na psiquê de 1 militante ALF tem que haver uma disposição (até de fundo cristão) para o martírio e abnegação que eu não emulo em mim jamais nem em ninguém: pois essa disposição, dada às consequências policiais e judiciais dessa sociedade ignorante, leva a sofrerem seres sencientes: a própria galera que se abnega nessas ações necessárias.
    .
    Assim, são úteis, importantes e necessá[email protected] no mundo atual: essa é a força que legitima o brilho e o esplendor da ALF. Mas eis justamente aí também sua fraqueza: ser [email protected] pelo que é “útil” e “necessário” é algo que não desejo a nenhum animal, pois traz sofrimentos em qualquer hipótese, que serão agravados com a mão-de-ferro do Leviatã que governa essa nossa sociedade doente…
    .
    Para evitar-se tanto a instrumentalização animal não-humana, quanto a instrumentalização de pessoas humanas em ações martirizantes ou até suicidas é necessário abolir a cumplicidade das pessoas nessa violenta cultura especista em nossa própria esfera individual, veganizando nossos hábitos. Urgentemente.
    .
    Mas se, como bem sabemos, o veganismo individual só tende a aumentar, se difundir e a acelerar com as ações diretas como essa, então podemos sentir como é trágico e infausto o panorama atual.

  18. EStou publicando no meu BLOG e parabenizando a Frente de Libertação Animal porque não tem nenhuma politica de proteção animal. Libertaram as chinchilas e alimentaram os cachorros que as mataram ou morreram ao sol ou sabe-se lá de que mais.

    • Fui ver o site e logo vejo a frase “Primeiro o ser humano”, depois clico em “Quem somos” e logo vocês se apresentam como chinchilas. Não tenho mais nada para ler sobre vocês. É claro que estão revoltados com o “roubo” (mercadorias são roubadas e chinchilas não passam de casacos ambulantes).

      Não tô defendendo a ALF, pois nem eu confio nessa gente, que estão ligados aos bandidos Black Blocs; mas o que realmente revolta vocês não é a suposta hipocrisia do grupos, mas sim do prejuízo que eles lhes causaram.

      Odeio isso de “o ser humano em primeiro lugar”, sempre usado para justificar qualquer atrocidade contra os animais, como se defender o direito de um animal inocente à uma vida livre sem sofrimento fosse inverter alguma coisa, como se ignorássemos o sofrimento de outras pessoas.

      Matar um animal pequeno só para tirar sua pele, precisando de 65 deles só pra fazer um casaco de madame , é pra lá de imoral e sujo. Como vocês não se envergonham de ganhar dinheiro de um jeito tão sórdido? Não importa se pagam ou não impostos, nem sempre o que é legal e moral andam juntos, até mesmo porque escravizar seres humanos um dia foi LEGAL em todo o país.

  19. Vocês sabiam que a maior parte da população de Itapecerica desconhece esse matadouro? E pensar que a Zoonozes me disse que não puderam fechar o estabelecimento porque estavam rigorosamente dentro da lei. Hipócritas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui