prática cruel

Demanda por bile de urso despenca devido a boicote de farmacêuticos

(da Redação)

bear

Devido a constantes revelações de abuso de animais na indústria de extração de bile de urso, as farmácias estão rapidamente aderindo a um boicote do produto. Em cerca de um ano, o número de farmácias chinesas que estão boicotando este tipo de mercadoria passou de 260 para 1.945. A notícia foi anunciada em uma conferência de imprensa realizada pela Animals Asia, um grupo que faz campanha para aumentar a conscientização para com os problemas associados com a extração de bile. As informações são do site The Dodo.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

A bile é um suco digestivo retirado da vesícula biliar dos ursos negros asiáticos, também chamados “moon bear”. O processo de extração é geralmente muito doloroso e envolve o uso de um tubo inserido no lado do urso para deixar o líquido escorrer para fora. Além disso, as fazendas responsáveis pela extração são notórias por suas condições sórdidas e apertadas. Há cerca de 10 mil ursos agora mantidos em cativeiro por sua bile.

Mas parece que a maré está virando contra este cruel produto. Jill Robinson, fundador da Animals Asia, disse em um comunicado:

“Estamos muito satisfeitos que as pessoas estejam pressionando para fazer parte desta campanha agora. Healing Without Harm é uma parte fundamental dos nossos esforços para acabar com a extração bile de urso, e esta iniciativa tem visto um aumento sem precedentes por parte dos profissionais de medicina tradicional e farmácias em apoio a alternativas ao uso e prescrição de bile. É de fundamental importância a redução do mercado e da disponibilidade, se isso acarretar em mais ursos ajudados, e é exatamente isso o que estamos vendo aqui.”

Em julho, o Kaibao Pharmaceutical, um mercado importante para fazendas industriais de bile de urso, anunciou que desenvolveu um plano de cinco anos para apoiar alternativas ao produto. O movimento foi visto como um grande passo na direção certa para a indústria.

1 COMENTÁRIO

  1. A CHINA PARECE ADORAR A PALAVRA MALTRATAR. ESSE ABSURDO QUE FAZEM COM OS URSOS DEVERIA SER CONSIDERADO ABOMINÁVEL, MAS INFELIZMENTE SÃO POUQUÍSSIMAS PESSOAS QUE SE IMPORTAM COM O SOFRIMENTO CAUSADO NELES…VERGONHA E REVOLTA!

    • Dolores vc se deu ao trabalho de ler a matéria ????

      Parece que não.

      A maioria de vcs xenofóbicos parece que estão no piloto automático, bastam ler o nome China que já começam a escrever coisas negativas,a matéria fala na queda da venda de bile o que é ótimo para os animais,quem sabe daqui a alguns anos essa tradição seja erradicada de vez,mas ao invés de vcs acharem bom ,vcs só detonam países asiáticos como se aqui fosse mil maravilhas.

  2. BILE DE URSO
    Ursos que estão presos em fazendas de bile de urso na China devem suportar torturas indizíveis. Estes ursos são forçosamente ordenhados por sua bile enquanto são mantidos em gaiolas de “esmagamento”, onde eles não têm espaço para se movimentar. O processo de “ordenha” da bile de urso envolve fazendo buracos permanentes no abdômen dos ursos e vesículas biliares, a fim de colher a bile. Os furos nos ursos nunca fecham e resultam em dor constante, infecções e doença.
    Por favor, acabar com a prática bárbara da agricultura da bílis de urso na “China” !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. Já é um passo, acho que estamos começando a enxergar uma luz no fim do túnel.
    Que bom que muitos estão aderindo, Esse tipo de procedimento envergonha qualquer país asiático.

  4. CLARO QUE EU LI A MATÉRIA, MAS MINHA INDIGNAÇÃO ESTÁ JUSTAMENTE NO SENTIDO DE QUE ESSE TIPO MALDADE AINDA NÃO ACABOU, CONTINUAM USANDO OS URSOS APESAR DE TODOS OS BOICOTES.

  5. Vamos ver se esses “ventos da mudança” continuam soprando naquele país com péssimas e abomináveis tradições. Já passou da hora da China ser o Grande Predador do planeta, em todos os sentidos!

  6. Por mais que esteja caindo o uso deste tipo de comércio, os asiáticos ainda são povos que insistem em não se importar com outros seres além deles próprios. Provocar dor e sofrimento em animais indefesos parece não afetar muitos deles. É claro que a nova geração parece pensar um pouco diferente… ou esperamos que o façam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui