Comunidade adota cães que vivem em terminal de ônibus em Piracicaba (SP)


Branco mora no terminal de ônibus em Piracicaba há dois anos (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
Branco mora no terminal de ônibus em Piracicaba há dois anos (Foto: Fernanda Zanetti/G1)

A comunidade do bairro Cecap em Piracicaba (SP) adotou dois cães que vivem no terminal de ônibus urbano. Os animais chamados de Boneca e Branco moram no local há pelo menos dois anos e são alimentados por moradores da região. O macho também é conhecido por ser brigão, mas segundo os moradores, ele nunca atacou pessoas.

Para a aposentada Odete Tonão Menuini, 65 anos, os animais são ainda mais especiais já que eles aprenderam o caminho de sua casa. “Eu sempre cuidei deles. Antes eu ia até o terminal e levava a comida para eles lá. Mas depois me proibiram e então os cães começaram a vir até a minha casa para comer. E naturalmente eles retornam para o terminal.”

A aposentada relatou que houve época que mais de cinco cães moravam no terminal. “O local sempre teve muitos animais. E eu sempre cuidei deles. Não tenho condições de trazer todos para dentro de casa, por isso cuido deles mesmo estando na rua. Dou banho, cuido dos machucados.”

Branco com a aposentada na casa dela em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
Branco com a aposentada na casa dela em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)

Segundo os moradores, o macho não permite a aproximação de outros cães no terminal. No entanto, eles não veem a situação como um problema. “Na verdade ele só está protegendo o território dele, o que é natural para o animal”, relatou Maria Zarati, de 61 anos aposentada.

“Eles viraram ‘símbolo’ do terminal. Eles são bem tratados. Vejo muitas pessoas dando comida para eles. Eles brincam. Nunca vi eles morderem ninguém”, relatou Luiz Silva, de 67 anos, autônomo.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>