Mulher acusada de matar dezenas de animais deve ficar impune


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A polícia encontrou 35 gatos e quatro cachorros mortos dentro de sacos de lixo, em São Paulo. A acusada pelas mortes é Dalva Lina da Silva, de 44 anos, que confessou em depoimentos que tirou a vida dos animais. O crime chocou moradores que protestaram em frente a casa da suspeita. De acordo com uma advogada de Defesa Animal, Dalva Lina não deve ficar presa.

Fonte: R7


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>