Animais do canil municipal de Caçapava do Sul (RS) recebem microchips de identificação


A Vigilância Sanitária de Caçapava do Sul, na Região Central, começou a colocar microchips de identificação em animais do Canil Municipal.

A iniciativa faz parte de um projeto que regulamenta a guarda de cães e gatos. O objetivo é controlar a população animal, prevenir doenças transmissíveis e fiscalizar quanto ao abandono e maus-tratos.

O dispositivo é instalado sob a pele dos animais com uma seringa e terá registro de dados como vacinas, idade e nome do tutor. A prefeitura comprou 1,6 mil chips e o investimento soma R$ 7,5 mil.

Depois do Canil Municipal, serão chipados os animais sob os cuidados da ONG Clube do Cão para então partir para os cães abandonados. O processo está previsto para terminar em fevereiro de 2015.

Também está previsto o serviço de castração, que busca frear o aumento do número de cães e gatos na cidade. A Vigilância Sanitária estima que haja cerca de 3 mil cães e gatos, entre domésticos e abandonados, em Caçapava do Sul e a população aumenta a cada dia.

Fonte: Gaúcha


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>