Cadela é salva por motoristas em rodovia de Los Angeles, EUA


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Num gesto brutal de humanidade, vários automobilistas escoltaram uma cadela que tinha entrado na movimentada Autoestrada 710, em Los Angeles, nos EUA, evitando (mais) um atropelamento.

O caso ocorreu na sexta-feira, em plena hora de ponta, mas só agora o vídeo está a tornar-se viral nas redes sociais.

Por volta das 18h00 locais, um helicóptero de uma estação televisiva, quando cobria o trânsito na A710, apercebeu-se de um congestionamento invulgar.

Ao aproximar-se, a equipa de televisão filmou uma cadela, arraçada de pitbull, a correr em plena autoestrada, atravessando as várias faixas de rodagem.

A reação dos automobilistas foi tão espontânea quanto espetacular: vários condutores usaram os veículos para formar um círculo à volta da cadela, ligando os quatro piscas, e evitaram que o animal fosse atropelado.

Mais à frente, um carro forçou a cadela a desviar-se para a berma. Andie Valerio, uma das condutoras que participou na manobra coletiva, saiu do carro e conseguiu capturar a pitbull.

A cadela foi levado para um abrigo em Downey, no estado da Califórnia, e as autoridades estão agora a tentar identificar quem abandonou o animal em plena rodovia.

A pit bull não tinha microchipe e, aparentemente, tinha sido mãe há pouco tempo.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: PT Jornal

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>