Circulação de animais sem coleira e a não coleta das fezes são alvo de fiscalização em Vila Velha (ES)


A Prefeitura de Vila Velha vai intensificar a fiscalização e a conscientização dos moradores que circulam com animais em vias públicas da cidade durante este final de semana. Segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) do município, há muitas reclamações relacionadas a pessoas que passeiam com os animais sem coleira e que não fazem a coleta das fezes, prática que é proibida por uma lei municipal e passível de multa. Além disso, também é proibida por essa lei a circulação dos animais na areia das praias e no mar.

Um dos principais locais alvo de reclamações é a orla de Itapoã e Praia da Costa. Nessa região, é possível ver muitas pessoas circulando com cachorros. Com coleira e sacola em mãos, o empresário Anselmo Rossoni diz que é preciso dar exemplo ao andar com os animais pela rua. No entanto, confirma que já encontrou muita gente descumprindo a lei.

“Sempre ando com ele com coleira, mesmo sendo um animal muito dócil, e também com a sacola para colher os dejetos. Mas já pisei em cocô de cachorro. Acho que se tivesse mais lixeiras, num intervalo de espaço menor, as pessoas poderiam descartar mais fácil o lixo. Acho que muitos não gostam de andar com os dejetos na sacola”, analisou.

Fonte: CBN Vitória


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>