Quase 50 aves são devolvidas à natureza em Apucarana (PR)


Foto: Delair Garcia
Foto: Delair Garcia

Na tarde de terça-feira (05), policiais militares ambientais e técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente colocaram em liberdade 48 pássaros silvestres em Apucarana. As aves, que estavam em poder de traficantes de animais, passaram por cuidados veterinários no Bosque Municipal e foram soltas na zona rural do município.

Os pássaros são de seis espécies: tico-tico, coleirinha, tietê, trinca-ferro, pássaro-preto e canário-da-terra.Dos 48 pássaros soltos, dois não conseguiram voar e foram recolhidos para passar mais tempo no bosque, até que estejam mais fortalecidos.

O local de soltura não foi informado publicamente para não atrair traficantes de animais.

“É motivo de muita alegria para nós fazer a soltura dessas aves, tendo em vista a dificuldade que se tem em readaptar os pássaros. A grande maioria dos animais silvestres capturados não consegue se readaptar para sobreviver na natureza”, ressaltou o secretário municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Apucarana, Éwerton Pires.

RECUPERAÇÃO

De acordo com o secretário, em 2013 foram aproximadamente 400 pássaros recebidos pelo município, provenientes dessa mesma circunstância: tráfico de animais e cárcere. Dessas aves, apenas 90 conseguiram se readaptar e tiveram a possibilidade de serem libertadas. Baseado nesses dados, o índice de recuperação ficou em 22,5%.

Éwerton ainda alerta para que as pessoas não adquiram ou capturem pássaros silvestres. “É importante também que as pessoas denunciem essa prática sempre que souberem de algum caso. Só assim conseguiremos combater esse problema”, destaca.

Fonte: tnonline

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>