Vaca devorada viva por urubus é resgatada em Piracicaba (SP)


Foto: Divulgação/ Polícia Ambiental Veterinários administraram antibiótico e fizeram curativo na ferida do animal
Foto: Divulgação/ Polícia Ambiental
Veterinários administraram antibiótico e fizeram curativo na ferida do animal

Uma novilha de um pouco mais de um ano de idade foi resgatada em uma propriedade rural de Piracicaba, com sinais aparentes de maus-tratos. Quem flagrou o crime foram homens da Polícia Militar Ambiental. A ocorrência foi numa propriedade do bairro Pau Queimado.

De acordo com o cabo Albuquerque, que patrulhava a área rural com o soldado Barai, chegou a denúncia de que a novilha estava caída num sítio, sem água e sem comida. Quando os dois chegaram, segundo ele, ela estava sendo devorada por um urubu.

“Espantamos o urubu e tentamos colocá-la de pé. Com muito custo ela se levantou. Estava muito fraca. Providenciamos água e ela bebeu, mas o capim que conseguimos nas proximidades, apenas cheirou”, detalhou Albuquerque.

Enquanto os policiais chamavam funcionários do curral municipal para fazerem a recolha da novilha, o responsável por ela chegou acompanhado do filho. “Ele com um carro e o filho de moto. Já começamos recolhendo os dois veículos ao pátio, porque ambos estão com o licenciamento vencido”, esclareceu.

Questionado sobre os maus-tratos, segundo o patrulheiro ambiental, o tutor da novilha disse que não procedia.

“A justificativa foi que ela escapou. Perguntei, então, o motivo de ela não estar andando na hora em que chegamos, e ele não soube explicar”. Por conta da situação, o homem foi autuado em R$ 3 mil.

Providência

A novilha foi levada para o curral municipal de Piracicaba, onde veterinários administraram antibiótico e fizeram curativo na ferida. “Ela também apresentava um deslocamento de paleta, provavelmente por causa de alguma queda”, destacou Albuquerque.

No plantão policial da rua do Vergueiro foi registrado TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), que é aplicado em caso de crimes de menor potencial ofensivo.

O documento deverá ser encaminhado ao Distrito Polícial da área, cujo delegado responsável poderá dar continuidade e enviar ao Fórum de Piracicaba.

Durante a elaboração da ocorrência, os patrulheiros foram informados que a área onde a novilha estava não seria rural e sim urbana. “Hoje (ontem) encaminhamos um ofício à fiscalização da prefeitura, que deverá fazer a constatação”.

A PM Ambiental de Piracicaba recebe denúncias, 24 horas, pelo telefone (19) 3421-6827.

Fonte: Correio Rac


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

APOIO COLETIVO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA

LIBERDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

COVARDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>