Portugueses conseguem 14 toneladas de ração para animais abandonados


A campanha “Alimente um Animal Abandonado”, uma iniciativa do OLX em conjunto com seis associações de proteção a animais abandonados, chegou ao fim no passado Domingo, dia 13 de julho. Durante o tempo que durou esta campanha foram angariados 14.000 quilos de ração para cães e gatos, o que resulta de mais de 14.000.000 milhões de cliques registados na plataforma. A ração será agora entregue a mais de 600 animais abandonados que estão a cargo de 6 instituições de norte a sul do país. No decorrer da campanha, conseguiu-se também uma adopção de um gato da Associação Ecologista e Zoófila de Aljezur (AEZA).

Para participar, bastava escolher um ou mais animais e clicar no botão “Alimente”. À medida que os visitantes clicavam neste botão, um gráfico com um osso ou uma espinha ia sendo preenchido, sendo que quando estivesse totalmente recheado a associação onde o cão ou o gato anunciado se encontra recebia um quilo de ração.

De acordo com Miguel Monteiro, CEO da FixeAds, empresa que detém o OLX.pt, «esta é uma ação que demostra bem a possibilidade de usar a Internet para uma causa maior e minimizar o problema de abandono de animais, cada vez mais visível em Portugal, principalmente nesta altura do ano. Nesta edição conseguimos mais 4 toneladas que no ano passado, o que permite perceber a adesão dos portugueses a este tipo de iniciativas».

Foram abrangidos por esta iniciativa mais de 600 animais das seguintes associações:

• Associação de Protecção aos Cães Abandonados, que vai receber 2771 kgs de ração;

• Fundação São Francisco de Assis, que vai receber 1772 kgs de ração;

• AEZA – Associação Ecologista e Zoófila de Aljezur, que vai receber 1956 kgs de ração;

• Associação Animais da Quinta, que vai receber 2753 kgs;

• Associação Bianca, que vai receber 2907 kgs de ração;

• Associação Senhores Bichinhos, que vai receber 1743 kgs de ração.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: Local.PT


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>