Censo aponta que Ribeirão Preto (SP) tem mais de 91 mil animais domésticos


Pesquisa realizada pela Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde e Planejamento, pelo período de um ano, constatou que Ribeirão Preto conta com 91.414 animais, sendo 76.636 cães e 14.778 gatos. “O censo animal foi realizado durante as atividades casa a casa e bloqueio de controle de criadouros do mosquito transmissor do vírus da dengue”, explica a enfermeira Maria Luiza da Silveira Santa Maria, diretora do Departamento.

Nas visitas o agente de Controle de Vetores aplicava um questionário junto ao morador buscando informações como: se existiam cães e gatos na residência e sua quantidade, sexo, se eram vacinados, castrados e domiciliados ou semi-domiciliados, ou seja, quando o animal sai da casa durante alguns períodos do dia e depois retorna.

No documento também consta informações sobre endereço, área, logradouro, quadro e setor censitário. “Todos os dados foram georeferenciados proporcionando a visualização e informação de cada animal”, explica Maria Luiza.

Foram pesquisados 230.049 de um total de 251.142 imóveis edificados, o que representa 91,6% do total. Dos 91.414 animais, 69.525 não são castrados e a maior concentração é na região Oeste com 20.512 cães e gatos. Em seguida vem a região Leste com 16.049 animais; Norte com 13.433, Sul com 10.451 e Central com 9.080.

Os dados foram entregues à Secretaria Municipal do Meio Ambiente que fará o cadastramento dos animais a serem castrados. O serviço será executado de acordo com a demanda da região, priorizando os animais da população de menor renda, as fêmeas jovens de caninos e felinos domésticos, mas com a intenção de atender a toda população interessada no projeto.

Durante os procedimentos de cadastramento, o munícipe deverá receber orientações básicas de guarda responsável, bem estar e cuidados com animais, por cartilhas impressas.

Fonte: Ribeirão Preto Online

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>