Cerol em linha de pipa representa riscos para aves em Belém (PA)


Linhas de pipas enceradas com mistura de cola e vidro representa riscos para aves, em Belém. Em 2013, quatro garças com asas cortadas pelo cerol foram levadas até o Mangal das Garças. O ideal é que não se use cerol em linha para empinar pipas.

“Além de trazer riscos para as pessoas na terra, também é risco para várias aves, como os urubus, que recebemos bastante por estarem acidentados”, disse Igor Seligmann, diretor do Mangal das Garças.

No parque há um local específico para o atendimento de aves feridas. O diretor explica que normalmente os animais não voltam a voar porque são ferimentos graves. O Mangal recebe aves de toda a capital, que estejam com ferimentos.

“Nosso setor de veterinária recebe aves principalmente em julho, nessa época quando mais ocorre acidentes com cerol”, diz o diretor.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>