Chineses ignoram protestos em festival de carne de cachorros


Foto: Reuters
Foto: Reuters

Ativistas compraram o maior número de cães que puderam antes que eles fossem consumidos em um controverso festival na China. A informação é do jornal Metro.

O evento, que já é realizado há séculos, acontece todos os anos na cidade de Yulin, durante o solstício de verão.

Cães vivos são enjaulados e comprados para o abate e consumo.

Há semanas, manifestantes tentam interromper o festival. Estima-se que 2 mil cachorros tenham sido consumidos somente no último sábado, 21.

De acordo com a revista Time, dizem as lendas chinesas que o consumo da carne de cachorro afasta os invernos rigorosos, além de proporcionar boa sorte e saúde. No entanto, ativistas acreditam que mais de 10 mil cães morrem para a realização do evento.

Fonte: Terra

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO

BARBÁRIE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>