Onça-pintada é avistada em Porto Limeiro (MS) e comitê faz 'varredura'


Foto: Ilustração
Foto: Ilustração

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar Ambiental (PMA) fizeram uma varredura pela região do Porto Limoeiro e área ribeirinha nas proximidades do quartel do 17º Batalhão de Fronteira em busca de uma onça-pintada, que teria sido vista rondando uma área no prolongamento da rua Mato Grosso, no inicio da última semana.

Uma moradora acionou o 3º Grupamento de Bombeiros informando ter avistado o felino. “Vim colocar comida para cachorros e galinhas. Quando raspava a panela ouvi um barulho num galho (de uma árvore). Não tinha ninguém na rua, só eu. Abaixei para jogar a comida e vi um rabo, olhei direito e era uma onça-pintada. Passava um carro, dei sinal e iria passar em cima dela, ela atravessou, subiu e entrou ali, do lado da casa, naquele córrego. Ela entrou e não voltou”, disse Isabel dos Santos ao Diário Corumbaense.

O tenente do Corpo de Bombeiros, Victor Shiroma, informou que na área não foram encontrados vestígios da presença do animal. Na região ribeirinha próxima ao quartel, o Comitê fez uma vistoria que também não encontrou nada. Se qualquer sinal da presença do felino fosse localizado o grupo de captura preparava a montagem de uma armadilha. O Comitê de Incêndios Florestais e Contenção de Animais Silvestres mantém o alerta para novas ações.

No dia 07 de junho, uma onça-pintada fêmea e dois filhotes – que apareceram em uma casa no bairro Beira-Rio – foram capturados pelas equipes do Comitê. A fêmea morreu e os dois filhotes foram levados para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) em Campo Grande.

Fonte: Correio do Estado


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>