Vaca é arrastada por enxurrada e fica presa à árvore em Quedas do Iguaçu (PR)


Foto: Clederson De Lara/ Portal Quedas
Foto: Clederson De Lara/ Portal Quedas

Uma vaca, que foi arrastada pela correnteza em um córrego, ficou presa a uma árvore, em Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná. A cidade foi uma das 124, que foram atingidas pela chuva no sábado (7) e no domingo (8). O animal morto só foi encontrado nesta segunda-feira (9), quando o nível do córrego baixou.

De acordo com a Defesa Civil, uma pessoa morreu em Quedas do Iguaçu. O animal foi arrastado depois que a chuva que caiu na região fez subir o nível do córrego que passa pela linha Estrela, região rural da cidade.

As regiões central e sudoeste do Paraná foram as mais atingidas pela chuva. Em Guarapuava, as aulas o fornecimento de água foram suspensos. O município de Rebouças, no sudoeste, está embaixo d’água. Os alagamentos obrigaram 300 pessoas a ficarem em abrigos improvisados, e 3.341 moradores foram, de alguma maneira, afetados pela chuva.

De acordo com o boletim da Defesa Civil do Paraná, divulgado às 18h, as chuvas afetaram, em todo o Paraná, 106.389 pessoas. Também aumentou o número de desabrigados. São 2.935 pessoas que precisaram ser encaminhadas para abrigos públicos, e outras 7.849 pessoas estão desalojadas. Os prejuízos foram causados por alagamentos, deslizamentos, inundações e destelhamentos, além de falta de energia elétrica e de água. Ao todo, 79 municípios já decretaram estado de emergência e outros 50 devem ter a situação de emergência reconhecida pelo governador Beto Richa (PSDB).

Ao G1 o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) informou que foram registrados em Quedas do Iguaçu 356,8 milímetros de chuva entre sexta-feira (6) e domingo (8), mais que o dobro da média histórica de 160 milímetros para junho na região. Não houve registro oficial, no entanto, de ventos fortes.

Fonte: G1

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>