Cresce resgate de animais silvestres em Bauru (SP)


No inicio desta semana, a Polícia Militar Ambiental de Bauru (SP) localizou 54 pássaros silvestres em três residências no bairro Pousada da Esperança II. A apreensão engrossa uma estatística considerável: só nos primeiros três meses de 2014, foram resgatados 454 animais silvestres, o que representa quantidade próxima ao montante de todo o ano passado. Dados da 2ª Companhia de Polícia Ambiental de Bauru apontam que, em 2013 inteiro, foram resgatados 554 animais. O volume de apreensão de animais deste ano representa 82% da quantidade total encontrada nos 12 meses do ano passado.

O 1º tenente Leo Artur Marestoni explica que a confiança da população na polícia aumentou, o que leva a mais denúncias. (Foto: JC Net)
O 1º tenente Leo Artur Marestoni explica que a confiança da população na polícia aumentou, o que leva a mais denúncias. (Foto: JC Net)

Para o 1º tenente Leo Artur Marestoni, comandante interino da companhia, alguns fatos justificam essa explosão nas apreensões neste início de ano. Um dos principais é o direcionamento de uma patrulha exclusiva para o atendimento de denúncias.

“No fim de 2013, uma patrulha foi destacada para ficar com essa função. São dois policiais que checam as denúncias em Bauru e região. A atuação dessa patrulha acaba sendo principalmente em Bauru”, esclarece o comandante.

Ele pondera que alguns casos este ano também tiveram peculiaridades. Haja vista a ocorrência registrada ontem, onde uma única denúncia foi feita e os policiais acabaram flagrando, no mesmo bairro, outras duas residências com aves silvestres mantidas em cativeiro. “Só na ocorrência de ontem, apreendemos mais de 10% desse total”, completa o tenente.

Assim como ocorreu ontem, a grande parte de apreensões é de espécies silvestres que estavam com pessoas que não possuíam licença do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Nesses casos, o responsável fica sujeito à multa administrativa, além de reparação cível e criminal pelo dano ambiental causado. “Nas aves, para se ter uma ideia, a pessoa fica sujeita à uma multa de R$ 5 mil por cada individuo ameaçado de extinção”, explica Marestoni.

Denúncias

O fato de, em apenas três meses este ano, a quantidade de resgates já ter encostado no montante de 2013 inteiro também é influenciado pelas denúncias da população. O comandante interino explica que “a confiança da população na Polícia Ambiental vem crescendo”.

“Isso faz com que aumentem as denúncias. Nosso foco maior é o combate ao comércio e à caça de animais, mas estamos apurando toda e qualquer denúncia que chega até nós”, finaliza o 1º tenente Leo Artur Marestoni.

Serviço

Para fazer denúncias, obter orientações ou solicitar a captura de animais silvestres, o telefone de contato da Polícia Ambiental é o (14) 3203-2700 ou 3203-3034. O órgão pode ser acionado também por meio do e-mail 2bpamb2ciap5@policiamilitar.sp.gov.br.

Fonte: JC Net


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>