Mais um condado irlandês proíbe a exploração de animais em circos


(da Redação)

dublin

Por quase uma década, os amantes e defensores dos animais se esforçaram para instituir uma proibição de animais em circos na Irlanda. Na segunda-feira, o conselho do condado de South Dublin aprovou uma moção para banir circos com animais na região. As informações são do One Green Planet.

Este anúncio significa que mais uma localidade irlandesa percebeu que chegou a hora de dizer adeus a este tipo de exploração. Como relata o Irish Examiner, South Dublin junta-se a Drogheda, Wicklow Town, Arklow, Waterford, Monaghan e Clonakilty com a proibição.

De acordo com o Animal Defenders International (ADI), o membro do governo local, Dermot Looney, propôs a moção e tanto o Animal Rights Action Network (ARAN), como o ADI realizaram campanhas de apoio a Looney.

O ARAN organizou manifestações pacíficas para ajudar a difundir a proibição de animais em circos em todo o país. O grupo realizou o seu protesto mais recente na segunda-feira, fora do Duffy Circus, e relata que foi um “sucesso estrondoso”, todos os frequentadores do espetáculo leram seus banners e muitos levaram para casa folhetos educativos.

Circos irlandeses são alvos de intensas críticas há alguns anos. Em 2006 e 2012, o Captive Animals’ Protection Society (CAPS) da Inglaterra divulgou relatórios investigativos intitulados “Ring of Cruelty” e “Ring of Cruelty II”. Ambos revelaram que muitos animais em circos irlandeses sofrem de problemas físicos e comportamentais e vivem “vidas restritas”, com alojamento inadequado ou temporário.

Desde o lançamento destes relatórios e ações subsequentes de vários grupos, foi tomada uma série de medidas para reduzir a presença de circos com animais em terra irlandesa. O CAPS relata que em outubro de 2013 houve uma “queda acentuada ” no apoio a esse tipo de espetáculo pelo Arts Council, que é um órgão governamental de financiamento de manifestações artísticas da Irlanda.

Todas essas mudanças demonstram a considerável sensibilização a respeito da situação dos animais explorados em shows circenses. Como o ADI escreveu no Facebook: “Um por um, os conselhos estão votando para acabar com o sofrimento nos circos da Irlanda!”

Nota da Redação: No Brasil, os estados de Alagoas, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Minas Gerais têm legislação que proíbe o uso de animais em circo. O Pl 7291/06, de autoria do Senador Álvaro Dias (PSDB-PR), que tem como objetivo proibir animais em circos em todo o país, se encontra pronto para pauta no plenário e consta como prioridade. Escreva para o Presidente da Câmara, o Deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e exija a aprovação do projeto com urgência:

Twitter

Facebook

Fale com o Deputado


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>