Ilustrações do século XVI revelam planos para colocar explosivos em animais


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O ditado popular diz que no amor e na guerra vale tudo. E, pelo menos, no último caso, estas ilustrações seculares parecem comprová-lo. Investigadores da Universidade da Pensilvânia revelaram textos e ilustrações do século XVI que contêm planos para transformar animais domésticos em armas de guerra, nomeadamente para serem utilizados nos cercos a cidades.

Nas ilustrações vêem-se gatos e pássaros equipados de foguetes, que tanto podiam servir de propulsores como de explosivos. Mich Frass, o investigador da Universidade da Pensilvânia – que estudou os documentos – indica que foi alertado para a existência dos animais através de um amigo. “Enviaram-me um email com uma hiperligação para um site australiano com imagens de um manuscrito que consta dos nossos arquivos”, refere o investigador. “Diziam que havia uma espécie de gato com foguetes nas imagens. Depois de examinar as imagens nunca questionei a sua autenticidade, mas não tinha a mínima ideia do propósito dos documentos”, explica.

O investigador passou uma semana a traduzir o texto, em alemão, que acompanhava as ilustrações, com o propósito de perceber o propósito dos animais equipados de explosivos e foguetes. Depois da tradução, Fraas concluiu que todas as ilustrações pertenciam a manuscritos dedicados a técnicas de guerra, nomeadamente o cerco, o que fazia dos animais armas de combate.

Depois de capturados, os animais eram munidos de explosivos e depois libertados, com a esperança que regressassem a casa – supostamente a cidade cercada. Apesar dos planos para transformar os animais em armas bélicas, Fraas indica que aparentemente os planos nunca foram postos em prática.

Fonte: GreenSavers


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>