Homem é preso na Nigéria por fazer sexo com animais


(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

“Eu fiz sexo com a cabra dez vezes, mas eu perguntei para ela primeiro”, foi o que declarou Malam Kamisu Baranda, um nigeriano que foi entregue pelo chefe de sua aldeia ao ser pego fazendo sexo com uma cabra. Malam tem 20 anos e foi julgado em Dutse, cidade nigeriana, por ter feito sexo com sua cabra.

O jovem alega que não sabia que fazer sexo com animais era crime e fazia isso normalmente, tendo feito já com outros animais. O responsável pelo caso, Juiz Auwalu Sani Balago, disse que Malam não confessou o crime, mas determinou a prisão preventiva do homem para a polícia continuar investigando o caso.

Malam explicou que levava os animais para uma floresta próximo a sua casa para “evitar constrangimentos”. Ele completou explicando que não procurava mulheres porque os animais “satisfaziam suas necessidades”.

As informações são do Daily Times, jornal nigeriano, que informou ainda que Malam pediu para a corte fazer justiça por ele porque sabia que havia cometido uma ofensa contra a sociedade e as leis islâmicas. O islamismo é a religião predominante na Nigéria, representando 40,5% da população do país.

Com informações de DM.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>