Animais abandonados ganham ração no ‘Natal sem fome’


Campanha 'Barriguinha Cheia' quer garantir alimentos a animais abandonados  (Foto: Abinoan Santiago/G1)
Campanha ‘Barriguinha Cheia’ quer garantir alimentos a animais abandonados
(Foto: Abinoan Santiago/G1)

Para garantir um ‘Natal sem fome’ para cães e gatos abandonados em Macapá, a ONG Força Animal criou a campanha ‘Barriguinha Cheia’ para alimentar os animais durante o mês de dezembro. O projeto vai ajudar pessoas que criam os animais, mas não têm condições financeiras de sustentá-los, conforme ressaltou o presidente da organização Romero Alencar.

“Existem casos em que 10 quilos de ração não duram seis dias, por causa do grande número de animais que encontramos abandonados nas ruas de forma hostil. Há pessoas que precisam de ajuda não só para a alimentação, mas também para dar banho e cuidar da saúde dos seus animais domésticos”, destacou Romero, acrescentado que a entidade iniciou os trabalhos em maio de 2013 e já conseguiu a adoção de aproximadamente 300 animais.

A iniciativa da ONG pretende conseguir um lar para animais como a cadela ‘Criola’ que foi achada abandonada em uma calçada no Centro de Macapá. “Ela estava com pulgas e muitos ferimentos. Recebemos várias mensagens para ajudarmos a ‘Criola’ e não pensamos duas vezes, porque esse é o nosso trabalho”, relatou Karina Santos, membro da ‘Força Animal’.

A ONG Força Animal não possui sede. As reuniões da entidade são feitas nas casas de colaboradores. “O fato de não possuirmos um local próprio nos levou a paralisar os serviços de recolhimento nas ruas. Mesmo com a falta de estrutura, fazemos o possível para tentar atender a todos os animais necessitados, cuidando da saúde, alimentando-os e procurando pessoas interessadas na adoção”, reforçou.

As doações de alimentos podem ser feitas na Clínica Veterinária Arca de Noé, situada no bairro Jardim Equatorial, Zona Sul de Macapá, e na Companhia Paulista de Pizza, no Centro da capital.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>