Número de animais resgatados em rodovias cai na região de Itapetininga


O índice de animais resgatados em rodovias da região de Itapetininga (SP) diminuiu 15% em 2013, segundo a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). Em média, dez animais são recolhidos nas rodovias por dia.

Funcionários da concessionária usam o laço para a remoção de animal (Foto: Reprodução/ TV TEM)
Funcionários da concessionária usam o laço para a remoção de animal (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Em todas as rodovias do estado foram resgatados cerca de 3.600 animais. A maior parte dos resgates, 1.580 deles, ocorreu na rodovia Castello Branco (SP-280). Segundo a concessionária que administra a via, a maioria é de bovinos e equinos.

Além dos resgates, dados da concessionária ainda apontam que em 2013 foram registrados 121 acidentes nas rodovias da região envolvendo animais.

Uma equipe da concessionária que administra as estradas é preparada para resgatar bovinos e cavalos das pistas. De acordo com o gestor de interação da concessionária, Luiz Fernando de Donno, o trabalho de remoção dos animais é feito 24 horas por dia. “Nós temos equipes que circulam a rodovia de forma ininterrupta, 24 horas, identificando qualquer anomalia, inclusive presença de animais. E temos também uma equipe específica para resgate de animais que é acionada perante a demanda. Se algum animal for encontrado, alguma dessas equipes é chamada para a retirada e resgate”, explica.

No centro de controle da concessionária as denúncias são recebidas e imediatamente repassadas para a equipe de resgate. Com o auxílio de um caminhão, os funcionários saem em busca dos animais na pista.

Os animais silvestres, quando resgatados, são encaminhados à Polícia Ambiental. Os animais domésticos, como bovinos e equinos, ficam no pátio da concessionária. “O animal resgatado na rodovia permanece por 15 dias nos pátios de apreensão, aguardando a procura do proprietário. Caso não haja essa procura, a gente faz uma destinação para entidades carentes previamente cadastradas. O resgate de animais segue uma tabela do DER e pela Artesp, que prevê uma multa e uma diária conforme os dias que o animal permaneça no pátio”, afirma Donno.

Com informações do G1.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>