Animais de grande porte ganham novo espaço fora de CCZ


A Prefeitura Municipal de Campina Grande acatou sugestão do vereador Olímpio Oliveira (PMDB) e desalojou, do Centro de Zoonoses, os animais de grande porte que lá se encontravam recolhidos sob péssimas condições de habitabilidade, enviando-os para uma ampla propriedade rural.

Os animais viviam em péssimas condições e ganharam um espaço onde podem viver muito bem. (Foto: Divulgação)
Os animais viviam em péssimas condições e ganharam um espaço onde podem viver muito bem. (Foto: Divulgação)

A operação, coordenada pela diretora do centro, Bárbara Barros, aconteceu no último dia sete.

A propriedade conta com baias cobertas para 400 animais, capim verde, árvores, lagos e rio, proporcionando condições de vida extremamente importantes para os bichos recolhidos nas ruas.

A sugestão de Olímpio, que se transformou no requerimento nº 1.898/13, foi aprovada pela Câmara Municipal de Campina Grande por unanimidade. Ele indicava que fosse reservada e cercada uma área dentro da propriedade de 754 hectares recentemente desapropriada pela Prefeitura nos bairros do Itararé/Ligeiro, para onde deveriam ser removidos os animais de grande porte apreendidos pelo Centro de Controle de Zoonoses.

Segundo Olimpio, equinos, asininos, muares, bovinos e outros de grande ou médio porte apreendidos pelo Centro de Controle de Zoonoses estavam colocados numa área inadequada nas instalações do próprio CCZ, onde as condições estavam longe de ser as ideais, inclusive do ponto de vista de sombreamento artificial ou com árvores.

Assim, ele entendia que os animais ficavam o tempo todo expostos ao sol e à chuva, sem falar na constante superpopulação no local. “O ideal é que esses animais sejam soltos no campo, onde possam desfrutar de espaço para correr, brincar e desenvolver ou resgatar o instinto animal para buscar o próprio alimento na pastagem nativa, inclusive barateando o manejo desses animais, pois o custo com a compra de ração pelo CCZ é altíssimo”, justificava Olimpio a sua propositura.

Fonte: A Palavra


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SAÚDE

GOIÁS

NOVA JORNADA

HONG KONG

AFETO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>