Defensores animais exigem proibição de touradas no México


Por Simone Gil Mondavi (da Redação – Argentina)

Foto: Miguel Castro
Foto: Miguel Castro

Um grupo de ativistas mexicanos protestou contra as touradas durante o festival tradicional “Corrida Guadalupana” no México, e afirmaram que estão preparando ações legais para abolir a tauromaquia por meio de uma consulta cidadã. As informações são do Periodico Correo.

Os representares de diversas associações protetoras de animais como Grupo Paz, Animare e FURPA, manifestaram na “Praza de Touros a Luz”, durante o festival na cidade de Guadalupana. O representante da organização Plataforma Paz, Nicolás Flores, garantiu que no principio do ano 2014 iniciaram uma consulta cidadã para recolher assinaturas dos moradores do estado de Guanajuato que estão em contra este tipo de evento, para exigir ao Congresso local que retifique e proíba os espetáculos taurinos.

Em novembro do 2012, o deputado do partido PVEM (Partido Verde Ecologista Mexicano), Jorge Arena, lançou uma iniciativa para proibir as touradas em todo o estado, mas o congresso local rejeitou.

Não obstante a proposta do deputado, teve o apoio de ativistas das cidades deLeón, Guanajuato e Irapuato.

No maio deste ano, o governador Miguel Márquez decretou ás festas taurinas de “Festa Charra” e “Festa Brava” como Patrimônio Cultural Intangível do Estado.

Neste sentido, Nicolas Flores, garantiu também que esta declaração foi produto das pressões que muitos aficcionados estavam fazendo, e que a maioria destas pessoas tinham um grande poder politico e econômico, porém o governador Márquez descartou o processo de abolição em que muitos ativistas estavam trabalhando, e saltou a declaração pelos interesses econômicos.

“Recolhemos assinaturas para solicitar uma consulta cidadã e mostrar ao governador que as milhões de pessoas que não querem as touradas estão planejando muito bem a abolição deste festival. Vai ser uma campanha difícil e enorme porque temos que apresentar inclusive as copia ao IFE (Instituto Federal de Eleições), mas para 2014 já estaremos iniciando”, disse Flores.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>