Biólogos encontram 13 tartarugas mortas no litoral piauiense


Animais eram da espécie Chelonia mydas, conhecida como tartaruga verde (Foto: Projeto Biomade)
Animais eram da espécie Chelonia mydas, conhecida como tartaruga verde
(Foto: Projeto Biomade)

Técnicos ambientais resgataram 13 tartarugas da espécie Chelonia mydas, conhecida popularmente como tartaruga verde, encalhada na divisa do litoral piauiense com o maranhense, neste fim de semana. Os animais foram encontrados mortos, em estado avançado de decomposição.

De acordo com a bióloga Werlanne Magalhães, do projeto Biomade, do Instituto Tartarugas do Delta, que faz o monitoramento de várias espécies e atua com ações de educação ambiental no Litoral do Piauí, o animal é bastante vulnerável à ação humana e existem vários fatores que podem ter contribuído para a sua morte. “O lixo e a pesca predatória são um dos fatores que podem contribuir para a morte desses animais”, afirmou.

Ainda segundo a bióloga, a tartaruga verde habitualmente é encontrada em águas costeiras e que nessa época do ano é comum a correnteza trazer esses animais. Os animais encontrados que pode chegar ao peso de até 200 quilos. “Esta espécie é muito vulnerável as ações humanas tendo em vista que assume hábitos costeiros, ficando mais suscetível aos fatores que comprometem a sua sobrevivência, como colisão com barco, emalhe com redes de pesca, poluição dos mares e ingestão de resíduos”, explicou Werlanne.

O projeto já faz o monitoramento do litoral piauiense desde 2011. Nessa semana uma equipe do Biomade encontrou uma baleia morta na Praia Preda do Sal, em Luís Correia, no litoral do Piauí. De acordo os biólogos, o animal era um macho juvenil da espécie cachalote, medindo cerca de 6,5 metros e pesando entre 15 e 20 toneladas.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>