Animais são brutamente assassinados em conflito entre famílias


Por Simone Gil Mondavi (da Redação – Argentina)

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Neste domingo (24), foram encontrados onze cavalos e três cabras, que haviam sido brutalmente assassinados com paus e facões na noite anterior, a maioria tinha as patas e as cabeças cortadas. Aparentemente foi uma vingança entre duas famílias de origem cigana, residentes na zona de Vilamalla (Girona) na Catalunha, Espanha. As informações são do ABC.

Por enquanto a polícia Mossos d’Esquadra começou uma investigação para localizar ao autor ou autores do massacre dos animais. Enquanto, a maior hipótese é que se tratou de uma vingança entre duas famílias rivais, já que o tutor dos cavalos é parente de um homem detido por ter matado no dia 1 de novembro outro sujeito do clã no cemitério de Figueres.

Em consequência daquele assassinato foram realizadas varias ações de violência entre as duas famílias rivais.

Na manhã do domingo, o cuidador dos cavalos encontrou os cavalos assassinados e ligou imediatamente às autoridades. Os tutores fugiram imediatamente por medo. Também declararam que no mesmo dia do crime no cemitério, entre 60 a 70 familiares do assassino fugiram da região.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SUSTENTABILIDADE

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>