ONGs querem que Prefeitura cumpra lei estadual para castração


 

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Fórum Livre de Defesa e Bem-Estar Animal, constituído por membros de quatro ONGs (Organizações Não-Governamentais) de Araçatuba, enviou documento à Prefeitura e à Câmara cobrando a aplicação da lei estadual criada em 2008 que determina o controle reprodutivo de cães e gatos, sendo a castração uma das medidas protetoras. O ofício foi encaminhado na última semana solicitando informações sobre projetos para o cumprimento da lei, com prazo de 15 dias para as respostas.

“Caso não tenhamos resposta sobre o assunto, vamos representar no Ministério Público”, disse o coordenador do Fórum Livre, Fernando Corrêa, que também é fiscal da APA (Associação Protetora dos Animais de Araçatuba). Além da APA, participam do Fórum, fundado em dezembro do 2012, as ONGs APDA (Associação Protetora de Defesa dos Animais), Clube Amigo dos Animais e Paixão Animal.

Conforme o Censo Canino realizado pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) no final do ano passado, Araçatuba possui aproximadamente 35 mil animais, sendo 28 mil cães e 7 mil gatos. Integrantes do Fórum acreditam que, desse total, por volta de 2,6 mil animais se encontrem em situação de abandono. “Se a Prefeitura começar a fazer a castração de cães e gatos, a tendência é diminuir o número de animais errantes, assim como as doenças infectocontagiosas”, explicou Corrêa. Na opinião de Corrêa, a Prefeitura deveria firmar um convênio com os veterinários da cidade para que os profissionais realizassem a castração em suas clínicas, com recursos do município.

Prefeitura

A Prefeitura informou que, atualmente, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) realiza em média dez castrações de gatas por semana. O órgão considera o número baixo para o controle de animais, mas acredita que, após formalização do convênio com a Faculdade de Medicina Veterinária da Unesp, esse número cresça significativamente, envolvendo cães e gatos.

Fonte: Folha da Região


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>