Governo distribui alimento para animais vítimas da seca no Sertão


A distribuição de 2.105 toneladas de palma e 702,58 toneladas de rolão de milho aconteceu nesta quinta-feira, 21, nos municípios de Poço Redondo e Monte Alegre.

“Graças a Deus que chegou essa palma. Já perdi muitos animais por causa da seca e sei o quanto é triste. A gente chega a dividir o alimento da família com o bicho. Mas agora isso não vai ser preciso. É a prova de que o Governo se preocupa com a gente. Hoje sei que vou dormir despreocupado, porque tenho certeza que os animais estão de barriga cheia e não eles não vão passar por aquele sofrimento de novo”. Esse foi o depoimento emocionado do agricultor Antônio Marcos da Silva, de Poço Redondo, ao receber do Governo de Sergipe, palma e rolão de milho para alimentar os animais que tutela.

A distribuição de 2.105 toneladas de palma e 702,58 toneladas de rolão de milho aconteceu na manhã de quinta-feira, 21, nos municípios de Poço Redondo e Monte Alegre numa ação realizada pelo Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), vinculada à Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seides), em parceria com a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) e as prefeituras municipais.

A ação, que hoje beneficiou 646 moradores da zona rural de Poço Redondo e 677 de Monte Alegre, foi motivada pela decretação de Situação de Emergência nos municípios em função da seca, proporcionando ao estado de Sergipe, após o reconhecimento federal, uma transferência de 15 milhões, sendo destinado o valor de R$ 4.812.975,00 para a aquisição de 8.104 toneladas de palma e 2.763 toneladas de rolão de milho. O recurso é proveniente da Defesa Civil Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Integração Nacional.

A previsão é contemplar 20 municípios sergipanos, porém este quantitativo poderá ser redimensionado com base nas análises feitas pela Defesa Civil Estadual, que levará em consideração as demandas dos municípios após o período de chuvas e a vigência dos Decretos de Situação de Emergência. Até o momento, já estão sendo beneficiados pequenos produtores dos municípios de Itabi, Porto da Folha, Poço Redondo, Monte Alegre, Canindé de São Francisco e Gararu.

A produtora rural Edilza Pereira de Aragão, de Monte Alegre, é uma das beneficiárias da ação. Para ela, o material forrageiro chegou na hora certa e vai trazer alívio para toda a família. “A chegada de alimento para os animais é uma benção pra gente. É muito triste ver os bichinhos com fome e não poder fazer nada. A gente sofre junto, mas com essa palma eu e minha família toda ficaremos aliviados por um bom tempo”.

Fonte: FaxAju


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>