Homem é acusado de matar o cachorro de vizinho para comer na Rússia


Um homem está sendo acusado na Rússia de ter matado o cachorro de seu vizinho para comê-lo no jantar. Segundo informou a polícia nesta sexta-feira (08), se as suspeitas forem confirmadas, ele deverá ir a julgamento e poderá pegar até cinco anos de prisão pelo crime.

Ao que tudo indica, o suspeito de 28 anos teria pulado a cerca do quintal de uma casa ao lado da sua e atacado um pastor alemão na república russa de Buriácia, na Sibéria. O tutor do animal, sem saber de nada, notificou as autoridades sobre o sumiço do seu cão, que, depois de muita procura, foi encontrado dentro de uma panela na casa do vizinho.

De acordo com um porta-voz da polícia local, parece que o suposto assassino costumava utilizar carne de cachorro regularmente nas suas refeições e, na falta de outro cão, decidiu assassinar o do vizinho.

No entanto, as acusações que pesam contra o suspeito e a pena de cinco anos prevista em lei dizem respeito ao crime de “roubo” (conforme legislação russa) e não de assassinato ou crueldade contra animais.

Fonte: Diário da Rússia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EDUCAÇÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

COMPORTAMENTO

BENEFÍCIOS

CRUELDADE

SENCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>