Animais ganham pontes ecológicas na Argentina


Foto: divulgação
Foto: divulgação

A direção de rodoviários provinciais apresentou nesta quarta-feira (06) o projeto de construção de cinco pontes para animais (ecodutos) para evitar os atropelamentos de animais selvagens, assim como para melhorar a segurança e a circulação destes, na província de Misiones, na região norte da Argentina, fronteira com Brasil. As informações são de MisionesOnline.

A representante do Ministério da Ecologia e Recursos Naturais Renováveis, Viviana Rovira, apresentou os conceitos básicos do projeto de lei que propõe a criação do “Programa de conectividade ambiental”, que responderá aos benefícios animais na Câmara dos Deputados da província para proteger espécies animais que estão em perigo de extinção.

Atualmente, a Província de Misiones tem 16 passa-faunas embaixo das vias, localizados nos rodoviários n° 101, 19, 2 e 8, além de um ponte para animais sob a rua nacional n° 101, e estão em execução e projetados outros 40.

A iniciativa prevê o trabalho conjunto do órgão responsável pela construção de redes rodoviárias e da pasta de Ecologia para realizar mais corredores ecológicos.

Neste contexto, a ministra da Ecologia Viviana Rovira disse que “se tivermos a conectividade via ambiental, a onça-pintada, que é o mais acima da pirâmide de perigo de extinção, permanecerá viva. E enquanto ela ainda está ameaçada, podemos dizer que o nosso ecossistema foi altamente ameaçado e poderia ficar em equilíbrio”.

Os funcionários informaram que estudos foram realizados para descobrir onde habitam mais animais e, portanto, onde são mais necessárias as pontes.

Igualmente, o diretor Rodovias provincial, Julio Duarte fez um balanço dos 17 passa-faunas que estão atualmente em operação em Misiones. Disse que os registros foram de 17.500 animais que os utilizam, de modo que as colisões são evitadas, livrando da morte estes animais.

O acordo para a construção Passa-faunas

A gestão provincial das rodoviárias, como a principal agência das redes de rodoviárias a nível provincial, desenvolveu as obras projetadas para mitigar o impacto ambiental causado por grandes obras das redes. Neste quadro incorporou uma infraestrutura de conectividade biológica como uma medida de assistência e reposição de fauna da região.

O projeto de lei define o âmbito de um plano global para restaurar a conectividade dos afetados através de pontes para animais e também receberam o auxílio de um sistema de proteção e controle dos recursos naturais protegidos pelos Guardas dos Parques Ecológicos da região.

Foto: MisionesOnline
Foto: MisionesOnline

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

AÇÃO SOCIAL

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>