Espírito santo

Homem que degolou cachorro da ex-namorada permanece detido

O estudante de Direito preso depois de matar um cachorro em Cariacica, no Espírito Santo, continua preso nesta terça-feira (29). Segundo a Polícia Civil, ele foi indiciado por maus-tratos ao...

100

29/10/2013 às 18:20
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
(Foto: Reprodução/Rede Record)

(Foto: Reprodução/Rede Record)

O estudante de Direito preso depois de matar um cachorro em Cariacica, no Espírito Santo, continua preso nesta terça-feira (29). Segundo a Polícia Civil, ele foi indiciado por maus-tratos ao animal, lesão corporal contra a mulher e já possuía outras passagens por porte ilegal de armas e drogas. O caso ocorreu no sábado (26).

A segurança do trabalho Marcela Vieira contou que o animal da raça Butt Terrier, de cinco meses, foi degolado na casa dela em Cariacica. O estudante decidiu se vingar porque não aceitou o fim do relacionamento que durou um mês.

“Nós tivemos uma discussão, ele me agrediu fisicamente. Ele adentrou a cozinha, pediu uma faca, passou a mão no cachorro, levou para o terraço e executou o cachorro”.

A crueldade do estudante de 25 anos foi parar nas redes sociais. O suspeito tentou fugir, mas foi detido por policiais militares. No carro dele, os PMs encontraram latas de cerveja e maconha. Na delegacia, foi constatado que o homem dirigia com a carteira de habilitação cassada e licenciamento do veículo vencido. Ele ainda teria dez passagens pela polícia por porte ilegal de armas e drogas.

A Sociedade Protetora dos Animais do Espírito Santo condenou a atitude do estudante de Direito, como conta Virgínia Brandão.

“Isso é uma brincadeira, isso é uma palhaçada. Você trocar uma vida de um animal que covardemente é assassinado. Ele não pode se defender e esse homem pode ficar livre para pagar uma cesta básica”.

Fonte: R7

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.