Escorpião amarelo é encontrado em dois bairros de Blumenau (SC)


A Vigilância Epidemiológica de Blumenau capturou somente este ano, cerca de 100 escorpiões amarelos em dois bairros: Itoupava Norte e Salto. A espécie é considerada a mais perigosa, pois uma ferroada pode ser letal, caso o atendimento não seja prestado rapidamente.

É à noite que, duas vezes por semana, uma força-tarefa da vigilância vai às ruas para procurar e capturar os escorpiões. A gerente do órgão, Ivonete dos Santos, conta que os primeiros relatos da espécie na cidade foram registrados há cinco anos, na Itoupava Norte. Desde então o animal vem se espalhando. Há denúncias de que foram vistos no Bairro Fortaleza, mas nada foi confirmado.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Apesar do calor já ter aparecido, Ivonete explica que as ocorrências não costumam aumentar no verão, pois o animal é encontrado o ano inteiro e as buscas já são programadas. O escorpião amarelo é nativo, no Brasil, das regiões Norte e Nordeste. Ivonete explica que no Sul a espécie natural é o escorpião preto que causa, no máximo, uma reação alérgica de baixa gravidade se atacar um ser humano.

” Não sabemos como, exatamente, o escorpião amarelo chegou aqui, mas foi provavelmente em caminhões”,  explica a gerente.

Segundo Ivonete, a espécie não possui machos e procria através da partenogênese, ou seja, não é preciso acasalar para que a fêmea desenvolva filhotes. Cada animal pode produzir até 40 filhotes por ano, chegando a 160 crias durante a vida. Além disso, não há predadores naturais do escorpião amarelo nas cidades:

A gerente da Vigilância Epidemiológica alerta que os escorpiões amarelos buscam espaços quentes e abafados, mas não sujos. É preciso ter cuidado em jardins, fendas de árvores, e sempre usar luvas de proteção e botas para fazer limpezas.

Fonte: Diário Catarinense


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>