Estados Unidos

27 animais são confinados em apartamento por seus tutores no Colorado

Por Walkyria Rocha (da Redação)

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ken, Linds, Karla Rumery e Ian Nelson foram acusados de manter em cativeiro um total de 27 animais, a maioria deles cães. Os animais foram encontrados em um apartamento de 74 metros quadrados. As informações são do Denver Westword.

De acordo com a oficial Lorraine Pacheco, que trabalha nas investigações especiais para o Controle Animal de Denver, Colorado, o original desse relatório de 25 de Setembro, que aconteceu em um apartamento no bloco 10.000 da Avenida East Virginia, é que tratava-se de aromas – os mais desagradáveis.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“Inicialmente, nós recebemos um telefonema da vizinhança devido ao cheiro – e eles podiam ouvir os animais “, disse Pacheco. “Mas não sabíamos quantos animais havia até então”.

Quando o oficial chamado descobriu, pediu reforços, entre outros, a oficial Pacheco – que compreendeu o tamanho do problema mesmo antes de entrar no apartamento.

“O apartamento fica em um prédio de dois andares, e já se podia sentir o cheiro ainda em baixo, nas escadas”, diz ela.

O apartamento em que os  animais estavam confinados. (Foto: Reprodução)
O apartamento em que os animais estavam confinados. (Foto: Reprodução)

A primeira coisa que Pacheco viu foi “uma porção de cães correndo, vários objetos pessoais espalhados e muita urina e fezes dos cães” dos 22 cães, todos uma mistura da raça poodle-terrier, e ainda um gato, duas tartarugas e dois hamsters.

Também descobrimos: três sapos mortos, e o corpo de um cãozinho recém-nascido. “Não sei se o cãozinho morreu ao nascer ou se logo depois,” Pacheco admite. “Mas havia um recém-nascido que estava morto e um outro, com cerca de dois dias de nascido, que ainda estava vivo.”. O sobrevivente está com sua mãe em um outro local, ela disse.

Dois poodles já em abrigo animal. (Foto: Reprodução)
Dois poodles já em abrigo animal. (Foto: Reprodução)

 

Um outro cão resgatado do apartamento. (Foto: Reprodução)
Um outro cão resgatado do apartamento. (Foto: Reprodução)

Os animais foram levados para o Abrigo Animal de Denver e estão relativamente bem, considerando as condições que viviam; funcionários do Abrigo estão avaliando se alguns deles podem ser adotados.

Enquanto estava lá, afirmou Pacheco, ela conversou com Linda Rumery, de cinqüenta anos, e, naturalmente, ocorreu o assunto de como a família acumulou tantos animais.

“Ela me disse que começou com um, e depois trouxe um outro e mais outro e então ficou fora de controle”, Pacheco observa.

Em quanto tempo chegaram a esse ponto? Pacheco revela que “ o mais novo dos cães acabam de nascer e há outros de quatro meses, seis meses. O mais velho estava com cerca de três anos.” Depois de uma pausa, ela diz, “Felizmente isso não aconteceu durante todos os três anos “.

Uma tartaruga foi encontrada entre os cães. (Foto: Reprodução)
Uma tartaruga foi encontrada entre os cães. (Foto: Reprodução)

Linda, Ken (de 57 anos), Karla e Nelson (ambos com 24 nos) foram citados essa semana por crueldade animal. Foram convocados a comparecer à Corte para uma primeira audiência, dia primeiro de Novembro.

Quando perguntamos em que esse caso se compara a outros exemplos de cativeiro animal que ela tem visto através dos anos, Pacheco, uma veterana do Departamento, com 14 anos de função, reconheceu que esse não foi o pior de todos, “mas foi muito ruim. Eu diria um dos cinco piores”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui