Polícia fecha local usado para rinhas de galo em Fátima do Sul (MS)


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na tarde de ontem (20) a Polícia Militar flagrou R.C.S de 32 anos morador na rua 02 de maio no bairro Katira em Fátima do Sul (MS), portando instrumentos utilizados para treinar galos de rinhas bem como material necessário para promover essas brigas. Segundo populares, o proprietário promovia esse tipo de evento recebendo diversos apostadores e negociando os animais.

Os Policiais ficaram admirados com tamanha crueldade do proprietário, que declarou que treinava os galos para brigarem por esta ser a natureza do animal e por isso montou uma arena onde eles passavam o tempo em rinhas cruéis, onde os melhores recebem altas quantias em apostas.

No local, foram encontrados 28 galos, uma espécie de arena que estava com muitas marcas de sangue indicando que há pouco tempo teria acontecido uma rinha de galo, havia também várias esporas de metal e plásticos resistentes para causar maior impacto nos ferimentos dos animais, além de agulhas e tesouras cirúrgicas e remédios para curar os animais feridos na rinha.

R.C.S ainda declarou que essa pratica é muito comum em Fátima do Sul e que ele era apenas um dos criadores, existindo vários outros que como ele cria e treina esses animais.

O Cenário do local causou ainda mais revolta aos Policiais ao verem várias lixas utilizadas para afiarem as esporas, a quantidade de sangue espalhado pela arena, inúmeras biqueiras de metal que colocadas no bico do animal dilaceram a carne e ainda o visível sofrimento dos animais que foram expostos a esse tipo de tortura.

O ato foi de uma crueldade assustadora e a População não pode compactuar com esse tipo de crueldade com os animais, se existe mais alguém praticando esse tipo de ação, a Polícia Militar através do telefone de emergência 190 receberá as denúncias e tomará as providências.

O autor dos maus tratos foi detido e encaminhado até a delegacia em Fátima do Sul, juntamente com o material apreendido.

Fonte: Fátima News


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR CANINO

FAKE NEWS

GANÂNCIA

SEQUESTRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>