Luisa Mell, Nicole Puzzi e ativista serão as primeiras a depor


A apresentadora Luisa Mell, a atriz Nicole Puzi e a ativista Adriana Greco serão as primeiras a depor no inquérito que apura denúncias de maus-tratos praticados pelo Instituto Royal a cães da raça Beagle, para realização de testes laboratoriais. Segundo Marcelo Sampaio Pontes, delegado de São Roque, os interrogatórios também servirão para investigar a denúncia dos crimes de furto qualificado e dano ao patrimônio, praticados após a invasão de ativistas e manifestantes que retiraram do laboratório 178 cachorros, além de levar documentos, computadores e danificar material utilizado em pesquisas.

De acordo com o delegado, foram enviadas cartas precatória às delegacias das cidades de origem das três envolvidas, para que sejam ouvidas em breve. A partir dos depoimentos e com a análise das imagens das câmeras de segurança do laboratório, o delegado espera identificar mais pessoas que participaram da invasão. Responsáveis pelo Instituto também deverão depor.

Pontes explica que caso a polícia encontre ou receba algum animal, não devolverá ao Instituto, pelo fato de o empreendimento estar sob investigação de eventuais maus-tratos. Ele destacou que as duas beagles encontradas na rua após denúncia de abandono, em São Roque, foram entregues a uma entidade após a emissão de um termo de posse provisória.

Apresentadora também ajudou a retirar animais do Instituto Royal:

http://instagram.com/p/fnHiM0rr-X

Fonte: Cruzeiro do Sul


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>