ONG auxilia mais de 100 animais em seis meses de trabalho em Recife (PE)


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Fundação Dentinho, que cuida de animais abandonados ou que possuem algum tipo de deficiência, em Recife (PE), completou em outubro seis meses de existência e divulgou um balanço positivo de suas atividades. Nesse período, mais de 100 animais, entre cães, gatos e cavalos, receberam ajuda através da Rede de Solidariedade Animal formada por veterinários clínicos, ortopedistas, fisioterapeutas, acupunturistas e produção de cadeirinhas de rodas com descontos especiais.

A Fundação surgiu a partir da história de Dentinho, um poodle que foi encontrado bastante debilitado em abril, no Recife. Na época, ele estava magro, sem pelos e precisou passar por cirurgia para retirada dos dois olhos e 11 dentes. A Presidente da Fundação, a jornalista e Defensora Animal Goretti Queiroz, usou as redes sociais para falar sobre o caso e conseguiu ajuda para o tratamento do animal. Dentinho foi adotado por uma professora que se sensibilizou com a situação. A história dele serviu para que a sociedade prestasse mais atenção a quantidade de animais abandonados pelas ruas da capital pernambucana e, através da Fundação muitos animais estão tendo um final feliz.

“Atuamos como apoio a animais especiais com problemas de visão e locomoção, como o nosso Dentinho, inspirador e padrinho emérito da Fundação e, eventualmente outros animais em risco quando podemos ajudar e colaborar com a situação. Também temos uma rede de veterinários parceiros nas áreas clinica, ortopedia, fisioterapia, acupuntura, oftálmica e castração, de forma gratuita ou com descontos de até 50% nos procedimentos a animais enviados pela Fundação (variando de caso a caso). E isso é só o começo. Pretendemos ir muito mais além quem sabe com uma sede própria, uma enfermaria interna de primeiros socorros e carro de resgate”, afirmou Goretti Queiroz.

A página e o grupo do SOS Dentinho acumulam membros de todo o País e possibilitam uma rede de solidariedade, onde os internautas ajudam a resolver os problemas dos animais. A Fundação recebe a cada dia mais casos e por isso está precisando de ajuda. O apoio financeiro pode ser dado através de doações ou da compra de objetos que simbolizam o objetivo da causa. Agora, a meta é disseminar o trabalho no interior do Estado e, futuramente, levar os serviços para uma sede física, onde os animais poderão receber a assistência que necessitam.

Veja o vídeo:

Fonte: Bicharia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA

RECOMEÇO

FINAL FELIZ

RECIFE (PE)

RECOMEÇO

CONSCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>