Um cavalo e nove bezerros foram sequestrados em Bauru (SP)


Na manhã desta quinta-feira, 10, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) amanheceu com 10 baixas em sua população animal.

Durante a madrugada, foram sequestrados do local nove bezerros e um cavalo. Além dos animais, os bandidos ainda levaram peças de um caminhão de uso do Centro.

Funcionários do CCZ descobriram o sequestro na manhã desta quinta, a Polícia Civil esteve no local ainda pela manhã, quando foi registrado o boletim de ocorrência.

Trilha

Os animais estavam na parte dos fundos do CCZ, o local fica próximo de um matagal por onde passa um córrego. Ao que tudo indica, os autores do furto se aproveitaram do fato do muro do local já estar danificado. Eles então teriam retirado os animais à pé por trilhas do entorno e depois usaram um carro para fazer o transporte, já que o local é de difícil acesso.

Animais foram sequestrados durante a noite (Foto: Reprodução Internet)
Animais foram sequestrados durante a noite (Foto: Reprodução Internet)

Segundo a Polícia Ambiental, ontem à tarde foi intensificado o patrulhamento em locais críticos para descobrir o paradeiro dos animais. Seriam alvo de investigação da polícia pontos como saídas de estradas e acampamentos rurais.

Ainda segundo informações da Polícia Ambiental, as motivações por trás deste tipo de crime são os valores de venda que os animais podem gerar.

Segundo pesquisas, um bezerro pode ser vendido por cerca de R$ 100. Já um cavalo pode atingir o valor médio de R$ 1.000. Sendo que, dependendo das condições do animal, este valor pode até mesmo ser duplicado.

Caso se confirme que o sequestro foi cometido para a venda, os bandidos poderiam conseguir até R$ 1.900. Até o momento não há informações que levem aos possíveis suspeitos. Tanto a Polícia Civil quanto a Ambiental trabalhavam no caso.

Este é o terceiro  sequestro registrado este ano no CCZ

O Centro de Controle de Zoonoses de Bauru fica numa rua de pouca movimentação e de difícil acesso. Próximo do local ainda existem áreas abandonadas.

Segundo informações da assessoria de Imprensa da Prefeitura este é o terceiro caso de sequestro de animais registrado no local em 2013.

O último caso ocorreu no mês passado. Na ocasião após arrombarem um muro do local os bandidos levaram cinco cavalos que estavam sob os cuidados do CCZ.

Em nota, a assessoria informou que o local já é cercado por arame farpado e que a segurança é garantida por câmeras instaladas em locais estratégicos.

No entanto, a assessoria reconhece que diante da recorrência desses crimes, novos sistemas de segurança estão sendo estudados para garantir a integridade do local e dos animais.

“Diante dos acontecimentos há um estudo sobre melhorias do sistema de segurança, tais como a ampliação do sistema de monitoramento por câmeras já existente em algumas dependências do local”. afirmou a nota.

Fonte: Bom Dia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

FELICIDADE

TRATAMENTO MÉDICO

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>