Tutor mantém cão preso a árvore por quatro anos na Pensilvânia


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Embora não pareça, Joseph é um cão da raça pastor alemão. Magro, fraco e triste, o animal passou quatro anos de sua vida sob tortura. Por maldade do tutor, o cão ficou durante este período preso a uma árvore.

Também passou fome, frio e ficou exposto a todo tipo de doença e ao ataque de outros animais.

Joseph foi encontrado por oficiais da polícia de Middletown, no estado norte-americano da Pensilvânia. A situação do cachorro deixou em estado de choque a equipe do hospital veterinário que recebeu o cão. Michael Gigis, responsável pela clínica, afirmou ser o caso de Joseph “o mais triste e absurdo” que já presenciou.

Jeremy Shane Temple, o tutor do animal, foi levado ao posto policial, onde pagou multa de apenas US$ 25 (o equivalente a R$ 55) por maltratar o cão.

Em conversa com a polícia, Temple justificou sua atitude dizendo: “cão não é ser humano”.

Fonte: Globo Rural


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO

RESPONSABILIDADE

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>