Cacatua perde todas as penas após ser exposta à substâncias tóxicas


Por Julia Troncoso (da Redação)

Uma cacatua resgatada de um laboratório de metanfetamina está lentamente se recuperando depois de ter vivido próxima a substâncias químicas tóxicas que causaram a perda de todas as suas penas. As informações são do Daily Mail.

A cacatua que atende por Lollibaby foi descoberta por oficiais em um laboratório de drogas que eles invadiram mês passado no Condado de Morgan.

Ela agora está no caminho da recuperação na One Stop Pet Shop em Rockwood, Tennessee (EUA).

Pássaro livre: as penas da Cacatua caíram depois dela ter sido exposta aos efeitos fatais da metanfetamina quando ela era um animal de estimação num laboratório de drogas no Tennessee.
Pássaro livre: as penas da Cacatua caíram depois dela ter sido exposta aos efeitos fatais da metanfetamina quando ela era um animal de estimação num laboratório de drogas no Tennessee.
Calvície: uma cacatua chamada Lollibaby foi descoberta por oficiais em um laboratório de drogas no Condado de Morgan, Tennessee (EUA), onde os efeitos de substâncias químicas tóxicas provocaram que todas as penas dela caíssem.
Calvície: uma cacatua chamada Lollibaby foi descoberta por oficiais em um laboratório de drogas no Condado de Morgan, Tennessee (EUA), onde os efeitos de substâncias químicas tóxicas provocaram que todas as penas dela caíssem.

Aparentemente as penas de Lollibaby caíram devido ao preparo da metanfetamina no local – um sinal visível dos perigos da volátil droga.

Metanfetamina, conhecida como a cocaína dos pobres, é preparada em laboratórios improvisados que podem ser montados domiciliarmente.

A droga é feita com uma mistura de ingredientes facilmente acessíveis e custa muito a saúde, provocando deterioração, ambas, física e psicológica.

Viver num local que aloja um laboratório de metanfetamina, ou até próximo a um, é ainda mais perigoso para crianças e animais já que seus corpos tem uma massa menor para absorver toxinas.
Joseph Clapp, que trabalha no pet shop, disse a WBIR: “Nós estamos ajudando ela a retomar a sua saúde. Vai levar de seis a oito meses, ou até mais”.

Ele acrescenta: “Imagine o que ela [a metanfetamina] pode provocar em crianças, e [com] animais e pássaros ela ainda pode ter um efeito”.

Lollibay está fazendo progressos diários, de acordo com a petshop que está tentando angariar recursos para os cuidados que ela vai precisar em longo prazo. A cacatua não vai ser colocada para adoção.

Funcionários da pet shop informam que o apetite dela está melhorando a cada dia e que eles a colocaram em um espaço amplo para convivência.

O Tennessee está entre os estados que mais confiscam laboratórios de metanfetamina nos Estados Unidos. Foi o primeiro estado americano a criar um registro criminal acerca da metanfetamina.

Melhorando: a One Stop Pet Shop no Tennessee está arrecadando recursos para garantir os cuidados do pássaro que vai requerer atenção prolongada.
Melhorando: a One Stop Pet Shop no Tennessee está arrecadando recursos para garantir os cuidados do pássaro que vai requerer atenção prolongada.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL

MAUS-TRATOS

FELICIDADE

TRATAMENTO MÉDICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>