Tutor de macaca é acusado de maus-tratos em Pernambuco


 Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press
Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

A sentença do tutor de uma macaca que está sendo acusado de maus-tratos contra o animal (que morreu nas dependências do Ibama) deve ser expedida em até 20 dias, pelo juiz Gilvan Macedo, da 3ª Vara Criminal do Recife. Após mais de uma hora de atraso, a terceira audiência do caso foi realizada na tarde desta segunda-feira (23), no Fórum Thomaz de Aquino. O tutor do animal, o mecânico Geraldo da Silva, de 62 anos, foi acompanhado pelo defensor público Gilberto França.

Esse foi o primeiro caso de maus-tratos levado a julgamento envolvendo um primata no estado. Geraldo da Silva foi denunciado por manter a macaca acorrentada em uma mangueira na casa em que mora, na Avenida Abdias de Carvalho. Quando a fiscalização do órgão constatou o fato, resgatou a primata, que morreu no dia 30 de julho de 2011, um mês depois de ter sido retirada do lar onde vivia há 33 anos.

Fonte:  Diário de Pernambuco


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA

NECROPSIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>